Botafogo recusa mudar horário do clássico com o Flamengo

O presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, disse nesta segunda-feira que o clube se opõe à mudança de horário no clássico de domingo, contra o Flamengo, programado para começar às 18h10, no Estádio do Maracanã, pela quarta rodada do Estadual do Rio. Com receio que haja conflitos entre torcedores, o jogo pode acontecer às 20h30.A idéia de mudar partiu da Polícia Militar do Rio, temerosa de que as torcidas das duas equipes possam entrar em conflito também com torcedores do Vasco, que joga às 16 horas, em São Januário, contra o Volta Redonda.A PM chegou a sugerir que o clássico carioca fosse realizado à noite. Mas Bebeto de Freitas não ficou contente com a possível alteração. ?O jogo mais importante é o do Botafogo com o Flamengo. Não pode haver mudança de horário?, explicou o dirigente.A expectativa inicial é de que o clássico leve 60 mil pessoas ao Maracanã, apesar do preço. Afinal, pela primeira vez no Estadual do Rio, um ingresso de arquibancada custará R$ 30,00.O clássico vale a liderança do Grupo A da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual, já que o Flamengo está em primeiro lugar, com nove pontos, enquanto o Botafogo está em segundo, com sete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.