Vítor Silva/Botafogo
Vítor Silva/Botafogo

Botafogo retorna ao Brasileirão com salário atrasado e crise no elenco

Jogadores não falam com a imprensa há mais de uma semana como forma de protesto

Redação, Estadao Conteudo

14 de julho de 2019 | 12h46

O Botafogo está pronto para voltar ao Campeonato Brasileiro. Após um mês de treinos e ajustes, o técnico Eduardo Barroca conseguiu encontrar a formação ideal para enfrentar o Cruzeiro neste domingo, às 16 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela décima rodada. Porém, durante a parada para a Copa América, o clube enfrentou problema com salários atrasados e a diretoria está em situação delicada junto ao elenco.

Como forma de protesto, os jogadores estão há mais de uma semana sem dar entrevistas coletivas, embora tenham mantido a rotina de treinamentos. De acordo com as informações, o Botafogo atrasou o pagamento dos salários de maio e junho, mas o gerente de futebol Anderson Barros vem conversando com representantes do elenco para tentar acertar o mais rápido possível.

Em campo, Barroca deu indícios de que vai mexer no time titular. Fernando, que foi titular da lateral direita durante o primeiro semestre, deve perder a vaga para Marcinho, que vem treinando na formação principal. Além disso, Cícero não trabalhou com bola na quinta-feira e pode ser desfalque para o jogo em Belo Horizonte.

Se o camisa 20 realmente não tiver condições de jogo, Bochecha ganha uma vaga no meio de campo. Gatito Fernádez, que brilhou com o Paraguai na Copa América, volta em alta para seu posto de titular absoluto do Botafogo. Biro Biro e Victor Rangel, contratados recentemente, estão regularizados e têm condição de jogo, mas devem começar no banco de reservas.

Na tabela do Brasileirão, o Botafogo até vive situação confortável. Apesar da derrota para o Grêmio por 1 a 0 no último compromisso, o clube briga por uma vaga no G6 da competição e tem 15 pontos. A preocupação de Barroca é com o ataque, um dos piores da competição, com apenas oito bolas na rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.