Botafogo: Scheidt não fica nem no banco

O experiente zagueiro Scheidt nem sequer ficará no banco de reservas no jogo de volta da Copa de Brasil, quarta-feira, contra o Paulista, no Maracanã. Em Jundiaí, houve empate por 1 a 1. A decisão partiu do técnico Paulo César Gusmão, que estreará no comando da equipe. O treinador acha que Scheidt não vive um bom momento e, por isso, decidiu preservá-lo. O zagueiro ficará treinando em separado na sede do clube, em General Severiano, para melhorar a parte física e técnica. Rafael Marques será o substituto. "Fui bem honesto. Decidi poupá-lo para tentar resgatar seu futebol, importante para o elenco. Depois do jogo contra o Paulista, vou ver a melhor forma de escalá-lo", declarou PC Gusmão, adiantando que manterá César Prates na lateral-esquerda e Rogério Souza, na direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.