Botafogo segue indefinido para enfrentar o Cruzeiro

O Botafogo tem algumas dúvidas para enfrentar o Cruzeiro neste domingo, mas o técnico Estevam Soares não está disposto a dar pistas de qual será a equipe titular no Mineirão. Nesta quinta-feira, o treinador manteve a indefinição em todos os setores do time.

AE, Agencia Estado

15 de outubro de 2009 | 19h48

A única certeza são os três desfalques. Os zagueiros Juninho e Wellington estão suspensos. Já o volante Léo Silva não pode atuar por razões contratuais. Ele pertence ao próprio Cruzeiro e está emprestado ao Botafogo.

"Temos algumas alternativas, como o Teco, o Emerson, o Alex e até o Diego. Todos estão preparados e os treinamentos vão apontar a melhor opção", comentou Estevam sobre os prováveis substitutos na zaga. A dúvida também permanece no ataque. "Há quatro jogadores em condições de conquistar uma vaga no ataque", disse, em referência à disputa entre Reinaldo, Victor Simões, Jobson e André Lima.

No empate por 2 a 2 com o Avaí, na última segunda-feira, o Botafogo entrou em campo com três atacantes: Jobson, André Lima e Reinaldo. O último, porém, não agradou, enquanto Victor Simões entrou no segundo tempo e marcou os dois gols botafoguenses, se tornando favorito para ficar com a vaga entre os titulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.