Reprodução/Botafogo-SP Twitter
Reprodução/Botafogo-SP Twitter

Botafogo-SP e Guarani empatam em Ribeirão e amargam resultado ruim pela Série B

Sem ganhar há quatro jogos, o time botafoguense perdeu a chance de entrar no G4; time de Campinas chegou à sétima partida sem vitória e figura no penúltimo lugar

Redação, Estadão Conteúdo

20 de julho de 2019 | 21h50

Um jogo feio e um resultado que não foi bom para ninguém. Na noite deste sábado, Botafogo-SP e Guarani empataram sem gols no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Sem ganhar há quatro jogos, o time botafoguense perdeu a chance de entrar no G4 (zona de acesso à elite nacional) novamente e está em quinto lugar, com 17 pontos. Por outro lado, o Guarani chegou à sétima partida sem vitória e figura no penúltimo lugar, com os mesmos seis pontos do lanterna América-MG. Só leva vantagem no saldo de gols: -6 a -8.

O primeiro tempo do confronto em Ribeirão Preto foi morno e sem grandes lances de perigo. O Botafogo tinha mais posse de bola, mas não conseguia passar pela marcação bugrina. Quando isso aconteceu, o árbitro não deu pênalti de Ferreira em cima de Felipe Saraiva.

Na volta do intervalo, o Guarani criou duas boas chances. Ferreira fez Darley buscar a bola no cantinho e depois Deivid Souza cabeceou rente à trave. A equipe da casa apostou nas jogadas aéreas, mas pouco ameaçou o gol de Jefferson Paulino.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 11.ª rodada. O Botafogo enfrenta o Atlético-GO, às 20h30, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, enquanto o Guarani recebe o Cuiabá, às 19h15, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 X 0 GUARANI

BOTAFOGO - Darley; Lucas, Naylhor, Leandro Amaro e Vinícius Freitas; Higor Meritão, Marlon Freitas, Murilo e Nadson (Erick Luis); Felipe Saraiva (Ronald) e Rafael Costa (Henan). Técnico: Roberto Cavalo.

GUARANI - Jefferson Paulino; Lenon, Ferreira, Luiz Gustavo e Diego Giaretta; Deivid, Igor Henrique, Deivid Souza (Vitor Feijão), Arthur Rezende (Bady) e Diego Cardoso (Éder Luis); Michel Douglas. Técnico: Roberto Fonseca.

ÁRBITRO - Lucas Canetto Bellote (SP).

CARTÕES AMARELOS - Naylhor, Nadson e Murilo (Botafogo); Lenon, Diego Giaretta e Deivid (Guarani).

RENDA - R$ 37.531,00.

PÚBLICO - 2.754 pagantes.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.