Botafogo-SP segura o Remo e decide o título da Série D contra o River-PI

Botafogo-SP e River-PI são os finalistas do Campeonato Brasileiro da Série D - a quarta divisão nacional. O time de Ribeirão Preto (SP) garantiu a sua vaga na decisão ao empatar sem gols com o Remo-PA, neste domingo, no estádio Mangueirão, em Belém. Como tinha vencido na ida, no estádio Santa Cruz, por 1 a 0, jogava pelo empate. Além dos finalistas, Remo e Ypiranga-RS já tinham garantido o acesso para a Série C em 2016.

Estadão Conteúdo

01 Novembro 2015 | 22h17

O time de melhor campanha tem vantagem de fazer o segundo jogo em casa. Neste caso fica com o River, que somou 26 pontos contra 24 do Botafogo. O primeiro mando, então, será do time paulista e o segundo do piauiense, no estádio Albertão, em Teresina. O River eliminou o Ypiranga, ganhando em casa por 2 a 0, perdendo fora, em Erechim (RS) pelo mesmo placar e vencendo na disputa dos pênaltis, por 5 a 3. Isso no último sábado.

A direção do Botafogo espera confirmar o primeiro jogo no estádio Santa Cruz, apesar da perda de dois mandos imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na última sexta-feira. O time foi punido porque a sua torcida soltou rojões no gramado na vitória sobre o São Caetano por 2 a 1, nas oitavas de final. O departamento jurídico vai entrar com recurso e como acredita não ter tempo hábil para ser analisado, acredita que poderá jogar diante de sua torcida. Na pior das hipóteses protegido por uma liminar.

O JOGO - O Botafogo iniciou o jogo de forma surpreendente. Logo de início deu duas arrancadas e assustou time paraense. O clube paulista dominou as ações em campo e pouco permitiu ao rival de Belém, que mostrou nervosismo, errou passes e insistiu nos levantamentos aéreos para a grande área.

O Remo não melhorou no segundo tempo e ainda deixou muitos espaços para os contragolpes do Botafogo, que criou as chances reais para abrir o placar. Teve duas grandes chances com Francis, que obrigou o goleiro Fernando Henrique a praticar duas defesas importantes. Do outro lado, Neneca não fez nada de extraordinário.

Mais conteúdo sobre:
futebolSérie DRemoBotafogo-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.