Raul Ramos/Ag. Paulistao
Raul Ramos/Ag. Paulistao

Botafogo-SP vence Novorizontino de virada em jogo marcado por revisões do VAR

Vitória deixa time de Ribeirão Preto à frente no Mirassol no Grupo C e ainda na briga com o Ituano por vaga nas quartas de final do Paulistão

Redação, Estadão Conteúdo

13 de março de 2022 | 23h07

Em um jogo movimentado, marcado por revisões do VAR, dois pênaltis marcados e uma expulsão, o Botafogo de Ribeirão Preto conseguiu se manter vivo na luta por uma vaga às quartas de final do Campeonato Paulista. Jogando em casa, no estádio Santa Cruz, na noite deste domingo, o Botafogo venceu, de virada, o rebaixado Novorizontino por 2 a 1, pela penúltima rodada da primeira fase do Estadual. O time da casa ainda perdeu um pênalti no primeiro tempo, com Bruno Michel.

Com o resultado, o Botafogo soma 18 pontos, na terceira posição do Grupo C, o mais equilibrado da competição. Para avançar e fazer companhia ao Palmeiras que já está garantido, o Botafogo tem que vencer o São Paulo no próximo domingo no Morumbi e torcer para o Ituano não vencer a Ponte Preta em Campinas. Se empatar, precisa que Ituano e Mirassol, que encara a Ferroviária em Araraquara, sejam derrotados.

Rebaixado no Paulistão, fato consumado na rodada passada e eliminado da Copa do Brasil, o Novorizontino mira a disputa da Série B do Brasileiro. Em 11 jogos no Estadual, são oito derrotas, três empates e nenhuma vitória. A despedida do Paulistão acontece no próximo domingo, quando recebe o Corinthians em Novo Horizonte.

O primeiro tempo foi bem movimentado. Os dois times procuraram o ataque desde o começo. O Botafogo passou a pressionar mais após os 15 minutos e aos 21 minutos, chegou a marcar com Bruno Michel, mas o atacante estava impedido e o gol foi anulado.

Aos 27 minutos, o zero saiu do placar, mas foi o Novorizontino quem marcou, depois de uma boa jogada pela direita. Cléo Silva acionou Rômulo dentro do área, o atacante dominou e ajeitou de calcanhar para Danielzinho que chegou batendo, sem chance para Deivity.

O Botafogo empatou aos 37 minutos, quando Bruno Michel recebeu cruzamento da esquerda de Fillipe Soutto e bateu firme no canto direito de Giovani. Bruno Michel ainda teve a chance de virar nos acréscimos do primeiro tempo, em pênalti marcado após analise do VAR, mas mandou a bola no travessão.

O Botafogo voltou pressionando no segundo tempo e chegou até acertar o travessão do Novorizontino, aos 16 minutos. A virada aconteceu aos 24 minutos, mas precisou bater pênalti duas vezes para marcar. Novamente após análise do VAR jogo ficou paralisado por seis minutos -, árbitra assinalou pênalti para o Botafogo após toque na mão de Edson Silva, que foi expulso no lance. Matheus Carvalho bateu e Giovanni defendeu. Após nova análise, a árbitra mandou voltar a cobrança alegando invasão. Matheus Carvalho cobrou e desta vez fez o gol.

Aos 31 minutos, Bruno Michel acertou a trave mais uma vez e quase ampliou. O Novorizontino tentou uma pressão no final, mas não conseguiu o objetivo.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 2 x 1 NOVORIZONTINO

BOTAFOGO - Deivity; Tárik, Joseph e Joaquim Henrique; Marlon, Fillipe Soutto, Emerson e Jean Victor (Diego Guerra); Bruno Michel (Rafael Tavares), Dudu (Matheus Carvalho) e Hélio Paraíba (Tiago Reis). Técnico: Leandro Zago.

NOVORIZONTINO - Giovanni; Lucas Mendes, Edson Silva, Bruno Aguiar e Reverson; Barba, Léo Baiano (Chrigor), Cléo Silva (Welinton) e Danielzinho; Douglas Baggio (Léo Tocantins) e Rômulo (Guilherme Matos). Técnico: Alan Aal.

GOLS - Danielzinho, aos 27, e Bruno Michel aos 37 minutos do primeiro tempo. Matheus Carvalho (pênalti), aos 24 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Joaquim Henrique e Joseph (BOTAFOGO); Bruno Aguiar, Lucas Mendes, Danielzinho e Barba (NOVORIZONTINO).

CARTÃO VERMELHO - Edson Silva (NOVORIZONTINO).

ÁRBITRO - Edina Alves Batista.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.