Celio Messias/AE
Celio Messias/AE

Botafogo supera o São Paulo em casa no Paulistão

Mesmo com Rivaldo em campo, a equipe de Carpegiani não conseguir conquistar a vitória

06 de fevereiro de 2011 | 21h25

Ribeirão Preto - Com grande atuação do goleiro Júlio César, o Botafogo faturou importante vitória neste domingo, ao superar o São Paulo por 2 a 1, em Ribeirão Preto. O resultado freou a ascensão do time de Paulo César Carpegiani, que buscava a vice-liderança, e marcou a reabilitação dos anfitriões no Campeonato Paulista.

 

 

O resultado e a vitória do Mirassol sobre o Bragantino derrubou o São Paulo da quarta para a quinta colocação, com 12 pontos. O Botafogo, que faturou sua primeira vitória na competição, chegou aos sete e deixou a temida zona de rebaixamento. O time da capital volta a campo no próximo domingo para enfrentar a Portuguesa, fora de casa. O Botafogo jogará novamente em casa, diante do Santo André, no sábado.

 

 

Ameaçado pelo rebaixamento, o Botafogo tomou a iniciativa do jogo nos primeiros minutos e assumiu o controle das ações no meio-campo. A equipe chegava ao ataque com facilidade, mas revelava limitações técnicas nas finalizações. Na melhor chance no primeiro tempo, Anselmo recebeu longo lançamento, entrou na área, mas parou na defesa de Rogério Ceni.

 

 

Tímido, o São Paulo mostrava dificuldade na armação e pouco ameaçava no ataque. Só conseguiu levar perigo em jogada individual de Ilsinho. O lateral fez fila na intermediária, avançou pela defesa rival e acertou a trave direita do goleiro Júlio César, já vencido no lance.

 

 

Mas a investida não assustou o Botafogo. Com maior posse de bola, o time da casa seguia melhor em campo, apostando nos levantamentos na área. A estratégia deu certo aos 40 minutos. Andrezinho cobrou falta e Anselmo desviou de cabeça, surpreendendo Rogério Ceni: 1 a 0.

 

 

Em desvantagem, o São Paulo acordou para o jogo no segundo tempo. O time voltou mais ofensivo e exigiu grandes defesas de Júlio César, o melhor jogador do Botafogo na etapa final. O goleiro salvou a equipe anfitriã em dois lances rápidos do ataque são-paulino.

 

 

No primeiro, Fernandão finalizou dentro da área e Júlio César precisou se esticar para defender, logo aos 2 minutos. Na sequência, o mesmo Fernandão parou na perna esquerda do goleiro, após cruzamento rasteiro de Fernandinho, aos 10.

 

 

Depois de ótima estreia, na quinta-feira, Rivaldo teve atuação discreta neste domingo e acabou sendo substituído por Marcelinho Paraíba na metade do segundo tempo. Do banco de reservas, o craque viu o Botafogo ampliar a vantagem no marcador.

 

 

Aos 28 minutos, Andrezinho fez rápida tabela com Assisinho, invadiu a área e bateu no canto esquerdo de Rogério Ceni. Após levar o segundo gol, o São Paulo partiu para o ataque, na tentativa de reduzir o prejuízo. Mas, novamente, parou nas boas defesas de Júlio César. O goleiro só não conseguiu defender o chute de Marcelinho Paraíba, que contou com um desvio da zaga para marcar o gol do São Paulo, aos 47 minutos.

 

BOTAFOGO - 2 - Júlio César; Eduardo Ratinho, Augusto, Gabriel e Andrezinho; Rodrigo Soares, Leandro Carvalho, Assis (Pablo Escobar) e Paulinho (Chicão); Anselmo e Assisinho. Técnico: Régis Angeli (interino).

 

SÃO Paulo - 1 - Rogério Ceni; Luiz Eduardo, Xandão e Miranda; Ilsinho (Carlinhos Paraíba), Jean, Rodrigo Souto, Rivaldo (Marcelinho Paraíba) e Juan (Marlos); Fernandinho e Fernandão. Técnico: Paulo César Carpegiani.

 

Gols - Anselmo, aos 40 minutos do primeiro tempo. Andrezinho, aos 28, e Marcelinho Paraíba, aos 47 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Paulinho, Júlio César, Rodrigo Soares (Botafogo); Miranda (São Paulo). Árbitro - Robério Pereira Pires. Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Veja também:

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

Tudo o que sabemos sobre:
PaulistãoSão PauloBotafogoRivaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.