Botafogo tem dois problemas no meio

O Botafogo teve um desfalque de última hora para enfrentar o Paraná nesta quarta-feira, às 21h45, em Curitiba (PR). O volante Túlio, um dos principais responsáveis pela boa campanha da equipe alvinegra, até o momento, no Campeonato Brasileiro, acertou sua transferência para o Oita Trinita, do Japão, onde fará companhia aos atacantes brasileiros Dodô e Magno Alves. Ele assinará contrato até julho de 2006.Túlio disse que está feliz com o desfecho das negociações, mas não escondeu a tristeza por não poder se despedir da torcida alvinegra. "A proposta foi muito boa para as duas partes, não tinha como recusar. Criei uma identidade muito forte com o clube e agradeço por todo apoio que sempre recebi de todos", declarou o volante, acrescentando que sempre honrou a camisa alvinegra. "Saio com a consciência tranqüila e sei que o Botafogo terá total prioridade numa possível volta ao Brasil."O técnico Péricles Chamusca lamentou a saída de Túlio, mas frisou que isso faz parte do futebol brasileiro. Provavelmente ele pedirá a contratação de outro jogador para o setor, mas agora deve apostar suas fichas no jovem Leandro Carvalho. O treinador também tem como opção o volante Juca.Chamusca ainda tem mais uma dúvida no meio-de-campo. Ele ainda não sabe se vai escalar Ramon ou Gláuber para ocupar a vaga de Caio, vetado pelos médicos do clube. A tendência, no entanto, é que Ramon seja o escolhido. "Estou pronto para ajudar o Botafogo a brigar pela liderança no Brasileiro", afirmou o experiente meia, recuperado de uma contusão que o afastou por dois meses dos gramados.Sobre o Paraná, Chamusca somente reserva elogios. "O Borges é um atacante nato, artilheiro do Brasileiro com 10 gols. O meia Thiago Neves tem muita qualidade e André Dias é um atacante de velocidade e boa conclusão. Todo cuidado é pouco", disse o técnico do Botafogo, ciente de que a equipe não pode repetir os erros cometidos no clássico contra o Flamengo, na última rodada. "O jogo passado foi um desastre e não serve como referência. O Botafogo tem que fazer tudo diferente", avisou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.