Arquivo/AE
Arquivo/AE

Botafogo tenta esquecer retrospecto ruim contra o Fla

Equipe alvinegra foi derrotada pelo rival nas decisões de 2007 e 2008 no Campeonato Estadual do Rio

Leonardo Maia, Agencia Estado

21 de abril de 2009 | 20h25

Com a derrota para o Flamengo, por 1 a 0, na final da Taça Rio, o Botafogo desperdiçou a oportunidade de conquistar o Campeonato Carioca por antecipação. Agora, convive com o fantasma de duas temporadas atrás, quando foi derrotado pelo próprio Flamengo nas decisões dos títulos de 2007 e 2008. A missão é evitar o vice-campeonato pela terceira vez consecutiva para os rivais.

Veja também:

tabela Estadual do Rio: Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Do elenco das temporadas anteriores, apenas o zagueiro Juninho (2007) e o volante Leandro Guerreiro ainda permanecem. Os novos jogadores tentam de todas as formas manter longe o estigma contra o Flamengo, alegando que a equipe foi totalmente reformulada e os atuais nomes não carregam o peso da responsabilidade pelas derrotas passadas.

"O grupo é outro. Essa pressão do histórico não vai nos atrapalhar. Nós não estávamos naquele elenco e temos de viver o presente. Saber que cada jogo tem sua história", disse nesta terça-feira o zagueiro Emerson, vilão da decisão do segundo turno ao marcar o gol contra que deu o título ao Flamengo.

Um dos focos principais das atividades ao longo desta semana livre de jogos será trabalhar o lado psicológico dos atletas, principalmente depois da eliminação da Copa do Brasil, para o Americano, que antecedeu o clássico. O técnico Ney Franco já começou a conversar com o grupo e com alguns jogadores em particular para passar tranquilidade e confiança.

"Nossa confiança está um pouco abalada, mas vamos trabalhar para mudar essa situação", prometeu Ney Franco. "Para muitos, o Flamengo passa a ser o favorito, mas não acreditamos nisso. Temos convicção de que somos capazes de conquistar esse título."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.