Botafogo tenta melhorar jogando fora

Invicto há cinco jogos, o Botafogo precisa melhorar o desempenho fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Foram apenas três vitórias, cinco empates e nove derrotas. Baseado nesse mau retrospecto, o técnico Paulo Bonamigo acha que a equipe alvinegra tem neste domingo como maior desafio derrotar o Internacional, às 16 horas, no Estádio Beira-Rio, para começar a obter a tão sonhada regularidade e se afastar da área de descenso - tem 39 pontos na tabela de classificação.Aliás, o retrospecto no confronto entre as duas agremiações, atuando em Porto Alegre, pelo Brasileiro é animador para o Botafogo: não perde há 11 anos - três empates e uma vitória. O técnico Paulo Bonamigo, porém, não se ilude com os dados favoráveis à equipe alvinegra. Durante a semana, ele treinou com exaustão as jogadas aéreas, apontadas por ele como uma das principais armas de ataque do Internacional. Orientou os zagueiros para não darem espaços para o atacante Fernandão, a quem teceu elogios. "Ele é muito bom jogador. Chuta e cabeceia bem. Temos que estar atentos", alertou Bonamigo, que pela primeira vez não teve de ligar com problemas de contusão no elenco.Para o volante Túlio, o Botafogo tem de evitar cometer faltas na entrada da área para impossibilitar que o jogador adversário tenha tempo e visão para colocar a bola na área alvinegra com precisão na cabeça de outro companheiro de time. O experiente volante Fernando, que atuou no Inter em 1997, concordou com as palavras de Túlio, mas frisou que na hora do jogo, às vezes, tem que parar as jogadas. "Só não pode bobear. Tem que fechar os espaços", declarou.Schwenck e Ricardinho vão formar o ataque Alvinegro. Caio atuará no meio-de-campo e terá a função de municiá-los, assim como, chegar também na área sulista para finalizar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.