Botafogo terá força máxima no jogo contra Macaé

Como o Botafogo depende apenas de um empate com o Macaé, neste sábado, para garantir vaga nas semifinais da Taça Guanabara, surgiu a possibilidade de o técnico Oswaldo de Oliveira poupar quatro jogadores que estão "pendurados" com dois cartões amarelos, para que eles não corressem o risco de ficarem suspensos numa eventual disputa por vaga na final. Mas ele garantiu nesta quinta-feira que o time terá força máxima na última rodada da fase de classificação.

AE, Agência Estado

16 de fevereiro de 2012 | 17h49

O meia Maicosuel, o volante Marcelo Mattos, o lateral Márcio Azevedo e o zagueiro Antônio Carlos são os quatro titulares do Botafogo que estão "pendurados" com dois cartões. Mas, segundo Oswaldo de Oliveira, todos estarão em campo no jogo de sábado, quando o time ainda precisa confirmar a classificação para as semifinais da competição.

"A gente só vai para a semifinal se nos classificarmos. Então, não posso poupar antes de conseguir a vaga. Se nós estivéssemos garantidos ou com chances muito maiores, poderia até pensar nisso", explicou Oswaldo de Oliveira, ressaltando que não pensa nem em pedir cautela aos "pendurados". "Não farei nenhuma advertência, vai jogar todo mundo normalmente. Até porque, se você faz isso, o jogador entra desconfiado e não faz o que tem que fazer."

A dúvida do Botafogo, portanto, é se Oswaldo de Oliveira poderá contar com o meia Andrezinho, que se recupera de lesão na coxa direita. O atacante uruguaio Loco Abreu também não participou do treino coletivo desta quinta-feira, mas ele foi apenas poupado por causa das dores musculares e não preocupa para o jogo de sábado.

Assim, a provável escalação botafoguense para o jogo em Macaé tem Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel, Elkeson e Felipe Menezes; Loco Abreu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.