Satiro Sodré/Divulgação
Satiro Sodré/Divulgação

Botafogo terá reunião na sexta para definir situação de Jefferson

Goleiro não se reapresenta junto com o elenco, aumenta suspense e leva clube a convocar encontro para avaliar a permanência dele

Estadão Conteúdo

08 de janeiro de 2015 | 15h09

A indefinição sobre a permanência do goleiro Jefferson no Botafogo continua. Nesta quinta-feira, o jogador não compareceu à reapresentação com os demais integrantes do elenco. Ele espera que o clube pague cerca de R$2 milhões em dívidas e faça uma proposta de ampliação de seu contrato, que terminará no fim deste ano. Nesta sexta-feira, uma nova reunião será realizada para resolver a situação da principal estrela do grupo botafoguense.

O vice-presidente de futebol do Botafogo, Antonio Carlos Mantuano, reiterou a intenção de contar com o goleiro em 2015. O clube já fez uma proposta ao jogador, que parece não ter gostado dela. "Esperamos concluir essas negociações. Na minha vida sempre fui prático e objetivo. Não entendi as reclamações do empresário dele. Marcamos reunião para amanhã (sexta-feira). Esperamos manter o nosso ídolo." 

Porém, o dirigente afirmou que não fará loucuras para mantê-lo. "A proposta feita está dentro da nossa realidade. Não podemos fazer aventuras como no passado. Temos a intenção de alongar o contrato com ele até o fim da nossa gestão."

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.