Botafogo toma susto, mas vence o Paulista por 4 a 2

Time de Ribeirão Preto tem seis pontos no Grupo B

Agência Estado

25 de janeiro de 2014 | 21h57

RIBEIRÃO PRETO - O Botafogo abriu 2 a 0, cochilou, tomou o empate, mas conseguiu a sua segunda vitória no Campeonato Paulista. Na noite deste sábado, o time derrotou o Paulista, por 4 a 2, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, em jogo eletrizante pela terceira rodada.

Com o resultado, o Botafogo chegou aos seis pontos no Grupo B, ainda sonhando com a classificação. Já a equipe de Jundiaí segue com um ponto no Grupo C como um dos times que ainda não venceram no Paulistão.

O JOGO

O Botafogo não deu chances para o adversário no começo e abriu o placar logo aos oito minutos. Após cruzamento da esquerda, Marcelo Macedo antecipou a marcação e desviou de cabeça, sem chances para Juliano. Atrás, os visitantes saíram para o jogo em busca do empate, mas deixaram espaço no campo de defesa.

O time de Ribeirão Preto soube aproveitar bem e conseguiu aumentar o placar ainda no primeiro tempo. Wellington Bruno tabelou com Marcelo Macedo e bateu cruzado para marcar. Na chance mais clara do Paulista, Raul arriscou de fora da área e o goleiro Gilvan fez grande defesa. Pelo Botafogo, o placar só não foi maior porque Mike errou a pontaria. Ele saiu de cara para o gol, mas acabou batendo em cima de Juliano.

O segundo tempo foi completamente diferente. O Paulista voltou com uma postura mais ofensiva, principalmente depois da entrada do meia Esquerdinha. A reação começou aos dez minutos, após David Batista cabecear sem chances para Gilvan. Pressionando e dominando, o time de Jundiaí seguiu em cima e conseguiu arrancar o empate aos 25 minutos. David Batista foi puxado dentro da área e arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, o próprio camisa 9 foi para a bola e deixou tudo igual.

O empate deixou a partida aberta, com as duas equipes chegando com perigo para marcar o terceiro gol. Foram os donos da casa, no entanto, que confirmaram a vitória. Aos 39 minutos, Afonso aproveitou cobrança de escanteio e desviou de cabeça para o fundo das redes. Dois minutos depois, a defesa do Paulista estava aberta e Camilo apareceu livre e empurrou para o gol vazio.

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira. Enquanto o Paulista recebe o Ituano, às 17 horas, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí, o Botafogo encara a Portuguesa, no Estádio do Canindé, em São Paulo, às 19h30.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 4 X 2 PAULISTA

BOTAFOGO - Gilvan; Daniel Borges, César Gaúcho, Henrique Mattos e Augus (Geovani); Gilmak, Hudson, Camilo e Wellington Bruno; Mike (Vitor Flora) e Marcelo Macedo (Afonso). Técnico - Wagner Lopes.

PAULISTA - Juliano; Raul, Diego Macedo, Gian e Jeff Silva; Mineiro, Lusmar (Esquerdinha), Ewerton Pereira (Fabrício) e Dinelson; Patrick (Jô) e David Batista. Técnico - Giba Maniaes.

GOLS - Marcelo Macedo, aos 8, e Wellington Bruno, aos 18 minutos do primeiro tempo; David Paulista, aos 10 e aos 25, de pênalti, Afonso, aos 39, e Camilo, aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Guilherme Ceretta de Lima.

CARTÕES AMARELOS - Henrique Mattos Daniel Borges, Gilmak, Marcelo Macedo e Augusto Ramos (Botafogo). Fabrício (Paulista).

PÚBLICO e RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.