Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Botafogo vence América de Bebeto na estreia de Joel

No estádio Engenhão, atacante El Loco marca e time ganha por 2 a 1 pela 5.ª rodada da Taça Guanabara

AE, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 19h31

Joel Santana de um lado. Bebeto e Romário do outro. No reencontro dos velhos amigos, Joel Santana, que fez sua estreia como técnico do Botafogo, levou a melhor. O alvinegro derrotou, de virada, o América por 2 a 1, neste sábado à tarde, no Engenhão.

O Botafogo jogou muito mal, mas venceu. Chegou aos 12 pontos do Grupo B da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). Já o América atuou bem, porém perdeu - e continua com quatro pontos, com apenas uma vitória em cinco rodadas.

Antes de a bola rolar, Joel Santana falou sobre o desafio de enfrentar os dois ídolos do futebol brasileiro. Bebeto é o técnico e Romário, o gestor do futebol do América. "Eles são perigosos. Vamos ver o que eles vão aprontar hoje (sábado)".

A sorte do treinador alvinegro é que Bebeto e Romário já se despediram dos gramados, porque, se tivessem em ação, provavelmente o Botafogo desceria para o vestiário, no intervalo, com placar adverso.

O América dominou o primeiro tempo, mas falhou na pontaria: perdeu pelo menos duas chances claras de gol. De tanto insistir, até que fez um - marcado pelo atacante Adriano, de cabeça.

A máxima de "quem não faz, leva", porém, prevaleceu mais uma vez. Numa desatenção da defesa americana, o atacante uruguaio Loco Abreu, de cabeça, deixou tudo igual: 1 a 1. Foi o seu primeiro gol com a camisa botafoguense.

"A gente vem criando, mas falta concluir bem", disse o lateral-esquerdo Gerson, deixando transparecer, no intervalo da partida, que o empate de 1 a 1 tinha sabor de derrota para a equipe americana.

O América foi melhor durante quase todo o segundo tempo. Mas, adivinhe o que faltou? Acertar a finalização. Para desespero de Bebeto, Gerson perdeu a bola, Caio arrancou, entrou na área e não perdoou: 2 a 1 para o Botafogo, aos 42 minutos do segundo tempo. Uma vitória que "caiu do céu" para os botafoguenses.

OUTROS JOGOSPelo Grupo B da Taça Guanabara, o Resende derrotou, em casa, o Tigres, por 4 a 2. Pelo Grupo A, o Volta Redonda venceu o Americano, em Campos, por 3 a 1.

BOTAFOGO 2 X 1 AMÉRICA

Botafogo - Renan; Antônio Carlos, Fabio Ferreira e Wellington (Diguinho); Alessandro, Eduardo, Renato (Caio), Lúcio Flávio e Marcelo Cordeiro; Herrera (Somália) e Abreu. Técnico: Joel Santana

América-RJ - Roberto; Claudemir, Ciro, Evandro e Gerson; Júnior, Mael (Paty), Osmar (Allan) e Jones Carioca; Adriano e Daniel Morais. Técnico: Bebeto

Gols - Adriano, aos 23; Loco Abreu, aos 35 minutos do primeiro tempo; Caio, aos 42 minutos do segundo tempo

Árbitro - Luis Antônio Silva Santos

Cartões amarelos - Marcelo Cordeiro, Caio, Daniel Morais, Lúcio Flávio, Jones Carioca, Ciro e Evandro

Renda - R$ 73.915,00

Público - 3.901 pagantes

Local - Estádio do Engenhão, no Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.