Botafogo vence América por 3 a 1, mas é eliminado na Taça Rio

Equipe alvinegra teria que ganhar o jogo para se manter viva no Campeonato Carioca

BRUNO LOUSADA, Agência Estado

17 de abril de 2011 | 18h47

RIO - O Botafogo venceu neste domingo, mas não teve muito o que comemorar: está eliminado do Campeonato Carioca. O time tinha que derrotar o América e torcer para que Olaria ou Fluminense fossem derrotados na última rodada da fase de classificação da Taça Rio. Não deu certo.

O Botafogo até que fez sua parte, ao ganhar do América por 3 a 1, em São Januário, no Rio, mas os outros resultados da rodada não lhe ajudaram. O Fluminense venceu o Nova Iguaçu por 1 a 0 e ficou em primeiro lugar no Grupo B, enquanto o Olaria empatou com o Vasco por 2 a 2 e levou a segunda vaga nas semifinais.

Com isso, o Botafogo foi eliminado da Taça Rio, ficando em terceiro lugar no Grupo B. Esta é a primeira vez desde 2007 que o clube, que é o atual campeão estadual, fica fora de uma semifinal de turno no Campeonato Carioca.

Derrotar o já rebaixado América não era dos desafios mais difíceis. O problema, no entanto, é que o Botafogo não dependia apenas de si para evitar a eliminação precoce na Taça Rio. Agora, a missão botafoguense é se reerguer rapidamente, pois tem uma decisão na quarta-feira, quando disputa vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.

Por causa do placar de 2 a 2 no Rio, na semana passada, o Botafogo precisa ganhar o Avaí na quarta-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, para não ser eliminado também na Copa do Brasil e tornar a semana ainda mais turbulenta.

Neste domingo, o Botafogo jogou o necessário para bater o América. O lateral Lucas fez dois gols - um em cada tempo -, enquanto o atacante uruguaio Loco Abreu também deixou sua marca. Do outro lado, o meia Bruno Reis descontou para o time americano, que não ameaçou a vitória botafoguense em nenhum momento.

Inconformada com o fracasso no Campeonato Carioca, a torcida botafoguense deixou São Januário hostilizando a equipe e pedindo reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. "Não é mole não, Copa do Brasil agora é obrigação", cantavam os torcedores.

Botafogo - 3 - Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, João Filipe e Guilherme (Lucas Zen); Arévalo, Somália, Cidinho e Everton (Bruno Tiago); Herrera e Loco Abreu (Caio). - Caio Júnior.

América - 1 - Paulo Wanzeler; Michel, Alan, Arcelino e Felipe Assis; Léo Oliveira (Emerson), Leandro, Bruno Reis e Paulo Roberto; Wellington e Guilherme (Ruy). - Marcelo Buarque.

Gols - Lucas, aos 13 minutos do primeiro tempo; Loco Abreu, aos 10, Lucas, aos 36, e Bruno Reis, aos 45 minutos do segundo tempo. Cartão amarelo - Guilherme, Alan, Bruno Reis, Antônio Carlos, Leandro, Wellington e Michel. Cartão vermelho - Ruy. Árbitro - Rodrigo Nunes de Sá. Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Engenhão, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.