Botafogo vence e é líder isolado

O Botafogo é o primeiro líder isolado do Campeonato Brasileiro, com 15 pontos. A equipe do técnico Paulo César Gusmão derrotou hoje o Atlético-PR, por 2 a 0, no Estádio Luso-Brasileiro, e foi beneficiado pelos tropeços de Fluminense e Santos nos clássicos regionais - até a última rodada, as três equipes dividiam a primeira colocação com 12. Já o Atlético-PR, que estreou o técnico Antônio Lopes, segue sem pontuar e, ao mesmo tempo, na lanterna do Nacional - foram seis derrotas em seis partidas. "O Botafogo jogou bem e, por isso, mereceu os três pontos", declarou Alex Alves, que não fez gols mas teve boa atuação. O início de jogo não poderia ter sido melhor para o Botafogo. Com menos de um minuto, depois de uma cobrança de escanteio, o zagueiro Rafael Marques, livre de marcação, fez de cabeça: 1 a 0. O goleiro Diego saiu mal para interceptar a bola e a zaga paranaense apenas assistiu ao lance. O Botafogo, aliás, dominou boa parte do primeiro tempo e poderia ter ampliado o placar. Mas esbarrou em Diego, que fez pelo menos três boas defesas. Até o intervalo, o Atlético-PR somente assustou o goleiro Jéfferson em uma cabeçada do atacante Lima, que acertou a trave. Fora isso, foi um time apático e sem a menor criatividade. Na segunda etapa, o Botafogo conteve o ímpeto do adversário, que se lançou ao ataque, e ainda fez seu segundo gol aos 16 minutos. O atacante Alex Alves deixou a bola passar propositalmente entre suas pernas, para o meia Almir, sozinho, finalizar com categoria: 2 a 0. Uma bela jogada. O Atlético-PR não se entregou, mas esbarrou em suas deficiências para tentar empatar a partida. Ao Alvinegro, restou administrar o resultado sem expor sua defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.