Botafogo vence e elimina São Caetano

Com uma boa marcação, o Botafogo derrotou o São Caetano por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, e passou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. Como já tinha vencido o primeiro por 2 a 1, a equipe carioca espera agora o vencedor do confronto entre Ituano e Goiás. Os dois gols foram marcados em lances de bola parada, com Fernando aproveitando rebote de cobrança de falta e Leandrão de pênalti.O São Caetano precisava vencer por dois gols de diferença para obter a classificação e, por isso, começou o jogo no ataque. O time, porém, não conseguiu fugir da forte marcação exercida pelo Botafogo. A primeira boa oportunidade só aconteceu aos 19 minutos, quando Rafael, na cara do gol, chutou em cima do goleiro Max.A melhor chance do Botafogo aconteceu logo depois desse ataque adversário. O meia Carlos Alberto cobrou uma falta. Na sobra, Fábio cruzou, mas ninguém completou para o gol. O São Caetano esteve perto de abrir o placar. Num chute de longa distância, Max teve dificuldades para defender e, na sobra, Renatinho tirou a bola em cima da linha.No segundo tempo, o Botafogo voltou a melhor e teve as melhores oportunidades. Logo no início, o meia Valdo comandou um contra-ataque e deixou Almir livre para marcar. O árbitro Sérgio da Silva Carvalho, porém, assinalou impedimento corretamente. O mesmo Valdo desperdiçou duas chances de gol.Aos 33 minutos finalmente saiu o gol do Botafogo. O zagueiro Sandro cobrou falta e, no rebote do goleiro. Na sobra do goleiro Luciano, o volante Fernando fez 1 a 0. Aos 47, Rodrigo Fernandes recebeu lançamento e foi derrubado dentro da área pelo goleiro do São Caetano. Leandrão cobrou o pênalti e definiu a vitória botafoguense.Ficha técnica:Gols: Fernando, aos 33, e Leandrão, aos 47 minutos do segundo tempo.São Caetano: Luciano; Rafael, Edson Batatais, Serginho e Fábio Santos; Mineiro, Marlon, Capixaba e Raulen; Marcinho e Adhemar. Técnico: Mário Sérgio. Botafogo: Max; Márcio Gomes (Rodrigo Fernandes), Sandro, Gilmar e Renatinho; Fernando, Carlos Alberto, Almir, Valdo e Camacho (Túlio); Fábio (Leandrão). Técnico: Levir Culpi.Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho. Cartão amarelo: Carlos Alberto, Fernando, Capixaba, Edson Batatais, Sandro, Adhemar, Serginho e Luciano. Renda e público: Não divulgados. Local: Maracanã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.