Botafogo vence e se isola na liderança

O Botafogo é o líder isolado e provisório do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos em quatro rodadas: 100% de aproveitamento. O lateral-direito César Prates e o volante Túlio marcaram os gols da vitória da equipe carioca sobre o Atlético-MG por 2 a 1, no Estádio Luso-Brasileiro, neste sábado no Rio, com os portões fechados.Este resultado acabou com dois tabus do time do técnico Paulo César Gusmão. O primeiro, de não vencer as quatro primeiras rodadas do Nacional desde 1981. E o segundo, de não derrotar o time mineiro em sete anos nesta competição. Foi um primeiro tempo de poucas emoções. Muito toque de bola sem objetividade e quase nenhuma jogada bem articulada. O Botafogo foi um pouco melhor do que o Atlético-MG, por buscar mais o ataque, e fez seu primeiro gol em uma cobrança de falta do lateral-esquerdo César Prates. A bola entrou no ângulo esquerdo do goleiro Danrlei, que nem se movimentou: 1 a 0, aos 28 minutos. Fora isso, a equipe carioca não criou mais nada. Já o time visitante somente pode lamentar a oportunidade que Fábio Júnior desperdiçou quase no fim da primeira etapa. O atacante, livre de marcação, emendou de primeira um cruzamento, mas o goleiro Jéfferson defendeu. O início de segundo tempo não poderia ter sido melhor para o Botafogo.Logo aos 2 minutos, o volante Túlio fez uma tabelinha com Gláuber e, na área adversária, chutou colocado: 2 a 0. Mas o Atlético-MG não se abateu. Henrique, de cabeça, acertou o travessão. O juiz Paulo César Oliveira anulou dois gols do time mineiro - um deles erradamente. De tanto insistir, Euller recebeu passe sob medida de Ataliba e finalizou com precisão: 2 a 1, aos 15 minutos. O Botafogo soube administrar o resultado e contou também com uma boa atuação do goleiro Jéfferson, que defendeu uma cabeçada à queima-roupa do meia Ramon e, quase no fim do jogo, um chute de fora da área de Rodrigo Fabri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.