Botafogo vence em casa e deixa Bragantino em crise no Paulistão

Com um gol de cabeça de André Santos, aos 23 minutos do segundo tempo, o Botafogo venceu o Bragantino, por 1 a 0, neste sábado, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O time de Ribeirão festejou o primeiro triunfo em casa e agora soma nove pontos, na segunda posição do Grupo C, que tem o Palmeiras líder com nove pontos, porém, com um jogo a menos. Além disso, deixou o visitante em crise.

Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2015 | 23h17

De outro lado, o time de Bragança acumulou sua quinta derrota consecutiva e deve mudar sua comissão técnica. Soma apenas três pontos, em quarto lugar, no fraco Grupo D. Na classificação geral, o Bragantino ocupa a zona de rebaixamento ao lado de Marília, com um, Penapolense, com dois e XV de Piracicaba, com três pontos.

O primeiro tempo da partida, porém, foi muito equilibrado. O problema foi que nenhum dos times criou uma chance perigosa sequer para abrir o placar. Mas tudo mudou no segundo tempo, quando o Botafogo adiantou sua marcação e não deu espaços para a saída de bola do visitante.

Os lances foram surgindo e o gol, finalmente, saiu aos 23 minutos. Após escanteio do lado esquerdo, André Santos se antecipou à defesa e desviou de cabeça no canto esquerdo do goleiro Lauro. Depois disso, o Botafogo ainda seguiu no ataque e poderia ter marcado mais gols.

O Bragantino, sem força de reação, teve que se contentar com a derrota pelo placar mínimo e pensar no futuro porque vai precisar melhorar muito para não ser rebaixado.

Na sexta rodada, o Bragantino vai atuar sábado, em casa, diante da Portuguesa, a partir das 18h30. No domingo, o Botafogo visitará o XV de Piracicaba, outro time também ameaçado pelo descenso, às 18h30.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 0 BRAGANTINO

BOTAFOGO - Renan Rocha; Gimenez, Eli Sabiá, Halisson e Augusto Ramos; Luciano Sorriso, André Rocha, André Santos (Zé Roberto) e Rodrigo Andrade (Bruno Costa); Wesley e Isaac (Carlão). Técnico: Alexandre Ferreira.

BRAGANTINO - Lauro; Fernando Fernandes, Ferreira e Renato Santos; Diego Macedo (Pedro Henrique), Adilson Goiano, Léo Gago, Muralha (Esquerdinha) e Thiago Feltri; Igor Sartori (Erick Luis) e Diego Maurício. Técnico: Marco Aurélio Moreira.

GOL - André Santos, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo (Botafogo); Ferreira, Adilson Goiano, Léo Gago, Esquerdinha, Thiago Feltri, Diego Maurício (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Léo Gago (Bragantino).

RENDA R$ 38.570,00.

PÚBLICO - 1.598 pagantes.

LOCAL Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.