Botafogo vence Flamengo no Maracanã: 1 a 0

Em um jogo disputado, o Botafogo derrotou o Flamengo, por 1 a 0, e prosseguiu com chances de se classificar à semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, neste domingo à noite, no Maracanã. A vitória além de beneficiar o Alvinegro, que disputa com o Americano a vaga restante do grupo A (o Vasco já assegurou um lugar), eliminou o Rubro-Negro e classificou à próxima fase, como representantes da chave B, Friburguense e Fluminense, com uma rodada de antecedência.Logo no início do primeiro tempo, o Flamengo surpreendeu o Botafogo e conseguiu amplo domínio da partida. A principal preocupação do Alvinegro era a de anular taticamente o meia Felipe, que sofreu forte marcação do volante Túlio.O Flamengo desperdiçou várias oportunidades de gol em chutes de Felipe, do lateral-direito Rafael e do meia Ibson. Mas foi do Botafogo as duas melhores chances de marcar em uma bola cabeceada pelo atacante Alex Alves, aos 16 minutos, e em uma cobrança de falta do meia Valdo, aos 45 minutos, ambas defendidas pelo goleiro Júlio César.Ao contrário do Flamengo, campeão do primeiro turno e já assegurado na final do Carioca, o Botafogo precisava da vitória para prosseguir com chances de classificação à semifinal da Taça Rio. Na saída para o segundo tempo, foi a vez de o Alvinegro surpreender o Rubro-Negro e, aos 4 minutos, inaugurar o placar em um belo gol de calcanhar do atacante Alex Alves, que nunca havia marcado no Maracanã.Após o gol, o Botafogo optou por administrar o resultado. Mesmo com a postura defensiva do adversário, o Flamengo esbarrou na incompetência de seus atacantes, que não conseguiram boas finalizações nas jogadas de ataques criadas. O Rubro-Negro ainda terminou a partida com menos um jogador em campo, porque Felipe, que teve uma atuação discreta, cometeu uma violenta falta, sem bola, em Valdo, e foi expulso pelo juiz Ubiraci Damásio, aos 39 minutos.Outros jogos - O Americano derrotou o Friburguense, por 1 a 0, em Campos. Já o Madureira venceu o Bangu, também por 1 a 0, em Moça Bonita, e a Cabofriense empatou em casa com a Portuguesa, por 2 a 2.

Agencia Estado,

14 de março de 2004 | 20h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.