Marcos Arcoverde/AE
Marcos Arcoverde/AE

Botafogo vence Inter no Engenhão e deixa zona de perigo

Time carica abre dois gols de vantagem, cede empate, mas ganha com gol de Alessandro no final

SÍLVIO BARSETTI, Agencia Estado

25 de julho de 2009 | 20h46

O Botafogo interrompeu uma série de quatro empates no Campeonato Brasileiro e derrotou o Internacional por 3 a 2, neste sábado, no Engenhão, deixando a zona de rebaixamento. O time gaúcho, vítima da janela de transferências de atletas para o exterior, jogou sem o atacante Nilmar, negociado com o Villarreal, da Espanha.

Veja também:

link Avaí vence na Arena, sobe e afunda o Atlético-PR

link Grêmio bate Santo André em casa e se aproxima do G-4

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

E o visitante sentiu a falta de seu principal jogador. Parecia ainda sob o efeito da saída de Nilmar quando toda a defesa falhou, logo aos 10 minutos, para o zagueiro Wellington, do Botafogo, abrir o placar.

O time da casa era superior e se impôs, com destaque para Juninho. O zagueiro deu quatro chutes a gol de fora da área durante toda a partida - em dois deles, a bola bateu na trave. Mas Juninho não teve participação no gol de André Lima, aos 16 minutos, num lance em que o atacante desviou a bola do goleiro Michel Alves após escanteio.

O Internacional voltou para o segundo tempo com muita disposição e duas substituições bem feitas pelo técnico Tite. Ele trocou D''Alessandro por Giuliano e Bolaños por Leandrão. Com um minuto de bola rolando, Leandro Guerreiro fez pênalti em Sandro, cobrado com perfeição por Andrezinho.

Com o gol, o Inter partiu para cima e conseguiu o empate com Leandrão, depois que a zaga do Botafogo ficou parada, esperando que o árbitro marcasse impedimento que não houve.

A torcida carioca ficou impaciente com o placar de 2 a 2, já imaginava outro empate, quando Batista cruzou da esquerda e Alessandro, sem marcação, chutou para selar a vitória do Botafogo.

Botafogo 3 x 2 Internacional

Botafogo - Castillo; Wellington (Thiaguinho), Juninho e Eduardo; Alessandro, Leandro Guerreiro, Renato (Reinaldo), Lúcio Flávio e Batista; André Lima e Victor Simões (Jônatas). Técnico: Ney Franco.

Internacional - Michel Alves; Bolívar, Álvaro, Sorondo e Kléber; Sandro, Magrão (Marcelo Cordeiro), Andrezinho e D''Alessandro (Giuliano); Taison e Bolaños (Leandrão). Técnico: Tite.

Gols - Wellington, aos 10, e André Lima, aos 16 minutos do primeiro tempo; Andrezinho, aos dois, Leandrão, aos 18, e Alessandro, aos 29 do segundo tempo.

Árbitro - Evandro Rogério Roman (PR).

Cartões amarelos - Álvaro e Kléber (Internacional).

Renda - R$ 101.927,00.

Público - 8.523 pagantes.

Local - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.