Botafogo vence o Madureira e mantém 100% de aproveitamento no Carioca

Time do técnico Joel Santana ganha por 4 a 1 e segue na liderança do Grupo B

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 00h15

RIO - O bom futebol passou longe do Engenhão. Mas, apesar da atuação pouco inspirada, o Botafogo derrotou o Madureira por 4 a 1, na noite desta quarta-feira, e conseguiu a terceira vitória na Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). Com isso, permanece com 100% de aproveitamento e se mantém na liderança do Grupo B, agora com nove pontos.

O Botafogo desceu para o vestiário, no intervalo, com 2 a 0 a seu favor. Mas a aparência, às vezes, engana. O jogo não foi nada fácil como sugere o placar confortável. "Estou feliz com o resultado, mas descontente com a atuação do time. Passamos sufoco. A equipe não está jogando bem", disse o técnico Joel Santana, que completou um ano no comando botafoguense.

Joel Santana resumiu bem o primeiro tempo. O Botafogo começou o jogo com muita disposição e não demorou muito para largar na frente. Aos 14 minutos, o lateral-direito Lucas cruzou, a zaga do Madureira falhou, assim como o goleiro Cléber, e o atacante argentino Herrera só "empurrou" a bola para a rede.

A partir daí, o Botafogo relaxou. O adversário, então, se assanhou, acertou duas bolas no travessão e viu o goleiro Jefferson fazer grande defesa em chute à queima-roupa do atacante Adriano Magrão. Quando o empate parecia próximo, o time botafoguense fez 2 a 0, em pênalti convertido pelo atacante uruguaio Loco Abreu. Além disso, o Madureira perdeu Douglas Silva, expulso, no mesmo lance.

No segundo tempo, mesmo com um homem a mais em campo, o Botafogo continuou jogando mal. Sofreu gol do meia Rodrigo aos 29 minutos, mas respondeu à altura: marcou 3 a 1, com o lateral-direito Alessandro aos 36. Depois, já aos 43, a vitória botafoguense foi consolidada com o quarto gol, graças ao atacante Caio.

BOTAFOGO - 4 - Jefferson; Antônio Carlos, João Filipe (Caio) e Márcio Rosário; Lucas (Alessandro), Somália, Marcelo Mattos, Renato Cajá e Bruno Tiago; Herrera (Alex) e Loco Abreu. Técnico - Joel Santana.

MADUREIRA - 1 - Cléber; Douglas Assis, Victor Silva e Edmilson; Valdir, Vinicius, Rodrigo, Michel (Abedi) e Da Costa (Nill); Maciel e Adriano Magrão (Caio Cezar). Técnico - Antônio Carlos Roy.

Gols - Herrera, aos 14, e Loco Abreu (pênalti), aos 43 minutos do primeiro tempo; Rodrigo, aos 29, Alessandro, aos 36, e Caio, aos 43 minutos do segundo tempo; Árbitro - Péricles Bassols; Cartão amarelo - Marcello Mattos, Edmilson, Bruno Tiago, Caio, Michel e Adriano Magrão; Cartão vermelho - Douglas Silva Renda e público - Não disponíveis; Local - Engenhão, no Rio.

Veja também:

link Flamengo ganha do Americano com dois gols de Wanderley

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato CariocaBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.