Vitor Silva/ Botafogo
Vitor Silva/ Botafogo

Botafogo visita o Sport disposto a se distanciar da zona de rebaixamento

Em caso de vitória, equipe alvinegra pode escalar a tabela de classificação

Redação, Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2020 | 14h32

Os jogadores do Botafogo fizeram enorme festa após quebrarem o jejum de 10 jogos sem vitórias. Após desencantar diante do Palmeiras, o time visita o Sport, às 18h15, na Ilha do Retiro, disposto a não voltar mais para a zona de rebaixamento.

Será o primeiro compromisso do treinador Bruno Lazaroni longe do Rio. Depois de somar quatro pontos nos dois jogos que dirigiu o time, ele defenderá sua invencibilidade diante do perigoso Sport, fora de casa. E, se antes a missão era achar o caminho das vitórias a todo custo, agora a meta é pontuar no Recife.

O Sport ganhou as três últimas partidas na Ilha do Retiro. Cresceu na tabela justamente pelo desempenho caseiro. Para não ser mais uma vítima dos pernambucanos, o Botofogo vai jogar precavido, explorando os contragolpes.

Se em casa teve de ser mais atirado, agora a ideia é não se expor e, ao mesmo tempo, ser preciso nas chances criadas. Apesar da ausência das vitórias, o Botafogo vinha jogando bem fora de seus domínios. Atuará pela manutenção do bom desempenho.

Pela segunda vez, o Botafogo vai se reencontrar com o técnico Jair Ventura, ídolo no clube. Na outra vez, vitória por 1 a 0. O treinador ficou 10 anos no clube carioca e fez belo trabalho, apesar da ausência de títulos. Salvou o clube do rebaixamento em 2016 com arrancada impressionante.

Sem o atacante Matheus Babi, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o recém-chegado Kelvin pode fazer sua estreia, caso Bruno Lazaroni opte pela manutenção do esquema. Há a possibilidade, porém, de um esquema mais cauteloso, com a entrada de Rentería.

De certo é: Pedro Raul segue no time e, agora, como "o cara". Aposta na vitória contra o Palmeiras, o atacante fez um gol e participou do outro. Lazaroni vai seguir explorando o bom momento do jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.