Botafoguense Jadson admite não estar bem fisicamente

No clássico contra o Flamengo, vencido pelo rival por 1 a 0, o técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, precisou escalar uma dupla de volantes improvisada: o lateral esquerdo Julio Cesar e o meia Fellype Gabriel. Mas, no banco, ele tinha um jogador da posição: o jovem Jadson, que foi titular em parte da temporada passada. Nesta segunda, o jogador admitiu estar fisicamente muito abaixo dos companheiros.

AE, Agência Estado

18 de fevereiro de 2013 | 18h25

Assim como o atacante Bruno Mendes, Jadson creditou o baixo rendimento à participação com a seleção brasileira no Sul-Americano Sub-20, na Argentina. "Para mim, pesou em dobro. Pois, além de não fazer a pré-temporada, eu não joguei nenhum jogo pela Seleção. Fisicamente você fica muito abaixo dos demais jogadores", disse à Rádio Brasil.

Para o próximo jogo, contra o Boavista, no domingo, o técnico já não espera contar com os volantes Marcelo Mattos e Renato, lesionados, mas torce para ter à disposição Gabriel. "É muito difícil não ter um especialista em um setor. Já pensou colocar um lateral no gol? Claro que é uma comparação radical, mas por mais que o jogador se esforce, não consegue desempenhar a função da mesma forma", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.