Braço direito de Ilídio Lico é o único candidato à presidência da Portuguesa

José Luiz Ferreira de Almeida será o único candidato à presidência da Portuguesa. A última segunda-feira foi o prazo máximo para que as chapas protocolassem candidatura e nenhum outro nome foi inscrito para concorrer às eleições do próximo dia 28.

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2016 | 18h41

Ex-advogado do clube e braço direito do ex-presidente Ilídio Lico, o candidato da chapa Renascimento Novos Rumos promete administrar a Portuguesa de forma mais profissional com projetos para as categorias de base e o time principal.

Mesmo sendo a única opção dos eleitores, há ainda a possibilidade de que Almeida não seja o próximo presidente do clube. Isso porque a oposição, mesmo sem um candidato, pretende incentivar os votos nulos. Caso a maioria dos votos seja anulada, o atual presidente Leandro Teixeira Duarte permanece até o final do ano, quando novas eleições definem quem assume o cargo máximo na diretoria do clube.

Duarte assumiu de forma interina após as saídas do presidente Jorge Manuel Gonçalves e do vice Manuel Tomé, o que também obrigou a convocação das eleições de abril.

Enquanto a questão política não for definida, com certeza vai ser difícil planejar a disputa do time no Campeonato Brasileiro da Série C. Ao mesmo tempo, o clube continua pressionado pelo Sindicato dos Atletas por ter três meses de salários em atraso.

Tudo o que sabemos sobre:
PortuguesaFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.