Twitter/Bragantino
Twitter/Bragantino

Bragantino bate Operário-PR fora e pode ser campeão da Série B nesta quarta

Para comemorar o título basta o Sport não derrotar o Botafogo-SP em Ribeirão Preto

Redação, Estadão Conteúdo

13 de novembro de 2019 | 00h13

O Bragantino ganhou mais uma partida pela Série B do Campeonato Brasileiro e pode ser campeão já nesta quarta-feira. O time paulista visitou nesta terça o Operário-PR, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, e o venceu por 2 a 0, pela 35.ª rodada.

Com o triunfo, o Bragantino chega aos 71 pontos, disparado na primeira colocação. Para ser campeão antes mesmo da próxima jornada, precisa que o Sport, com 60 pontos, não vença o Botafogo-SP nesta quarta-feira, em Ribeirão Preto, no fechamento da rodada. Se empatar, o Sport vai chegar aos 61 pontos e ficará dez atrás do líder, faltando apenas três rodadas, com nove pontos em disputa.

O Operário, com 49 pontos, ocupa a nona colocação e deve apenas cumprir tabela nos últimos três compromissos, já que está distante tanto da briga pelo acesso quanto da zona de rebaixamento.

O Bragantino já começou a partida a toda velocidade e demorou apenas sete minutos para abrir o placar. Morato invadiu a área pela direita e tocou para Ytalo completar para as redes.

Apesar do bom início, o líder diminuiu o ritmo após o gol e viu o Operário crescer. Mesmo assim, a equipe da casa ainda tinha dificuldades para finalizar na direção do gol e pouco exigiu de Júlio César.

Na segunda etapa, o Operário tentou adotar postura mais ofensiva para buscar a reação, mas acabou sendo surpreendido no contra-ataque. Aos oito minutos, Morato arrancou e acertou um lindo chute de fora da área para fazer o segundo gol do Bragantino.

Nos minutos finais, o time visitante apenas administrou a vantagem e não forçou mais. O Operário, sem forças para reagir, parecia conformado com a derrota e não criou muito até o final.

O Bragantino volta a campo na próxima sexta-feira, quando receberá o Criciúma, no estádio Nabi Abi Chedid, pela 36.ª rodada da Série B, com a possibilidade de comemorar o título da segunda divisão nacional. No sábado, o Operário enfrentará o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO 0 X 2 BRAGANTINO

OPERÁRIO - Rodrigo Viana; Maílton, Lázaro, Rodrigo e Peixoto; Jardel (Lennon), Índio, Marcelo, Felipe Augusto (Uiliam) e Rafael Chorão; Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão.

BRAGANTINO - Júlio César; Aderlan (Bruno Tubarão), Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca (Edimar); Barreto, Uillian Correia e Claudinho; Morato (Ricardo Ryller), Ytalo e Wesley. Técnico: Antônio Carlos Zago.

GOLS - Ytalo, aos sete minutos do primeiro tempo, e Morato, aos oito minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (SC).

CARTÕES AMARELOS - Lennon e Lucas Batatinha (Operário); Ligger, Uilian Correia e Wesley (Bragantino).

RENDA - R$ 51.040,00.

PÚBLICO - 4.318 pagantes (4.944 total).

LOCAL - Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.