Bragantino bate São Caetano na Série B do Campeonato Brasileiro

Equipe chega a quarta vitória consecutiva e sobre para a sexta posição, com 33 pontos

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2011 | 18h14

SÃO CAETANO DO SUL - O Bragantino continua em alta na Série B. Neste sábado à tarde, mesmo atuando fora de casa, bateu o São Caetano, por 2 a 0, no Anacleto Campanella. Esta foi a quarta vitória consecutiva do Bragantino, que subiu para a sexta posição, com 33 pontos. O São Caetano, sem vencer há cinco rodadas, com três derrotas e dois empates, continua na zona do rebaixamento, com 24 pontos, em 18.º lugar.

Em campo, situações esperadas. O São Caetano, mesmo sem qualidade, se posicionou mais na frente, tentando achar um gol. De outro lado, o Bragantino fez uma clara opção pelos contra-ataques. Depois de alguns chutes de longe do time da casa, as melhores chances estiveram do lado do visitante.

Como era esperado, ninguém mudou para o segundo tempo. O Bragantino se deu melhor e abriu o placar aos 2 minutos. E como gosta de fazer: num contra-ataque. Léo Jaime deixou a bola para Lincom, que saiu em disparada, trocou passes pelo lado esquerdo e tocou para Romarinho, já dentro da área. Ele ajeitou a bola e bateu consciente, no canto esquerdo de Fábio. Foi o sétimo gol do atacante com nome de craque.

O Bragantino ficou em cima e poderia ter matado o jogo aos 8 minutos, quando Mineiro apareceu sozinho na pequena área, após cruzamento de Marcinho, mas cabeceou para fora. Só depois de tudo isso é que Vadão se mexeu no banco. Daí trocou em dose dupla. Saíram o volante Augusto Recife e o meia Ailton para as entradas dos meias Renatinho e Kléber.

Mas o São Caetano pouco melhorou e o Bragantino manteve a sua proposta inteligente de esperar o momento certo para ampliar o placar. Isso aconteceu aos 40 minutos, quando LIncom pegou o rebote do goleiro Fábio, que falhou ao soltar o cruzamento de Otacílio Neto.

Toda a 23.ª rodada será realizada na terça-feira à noite, a partir das 20h30. O São Caetano vai ter outro duelo paulista, desta vez diante da Ponte Preta, em jogo marcado para a cidade de Araraquara, porque o time de Campinas cumpre cinco jogos de perda de mando. O Bragantino vai receber, em Bragança Paulista, o Náutico, que briga pelas primeiras posições.

SÃO CAETANO 0 x 2 BRAGANTINO

São Caetano - Fábio; Élder Granja, Domingos, Eli Sabiá e Bruno Recife; Augusto Recife (Renatinho), Léo Mineiro (Magno), Souza e Ailton (Kléber); Luciano Mandi e Geovane. Técnico: Vadão.

Bragantino - Gilvan; Felipe, Luiz Carlos e André Astorga; Diego Macedo (Júnior Lopes), Éder, Mineiro, Romarinho (Luis Felipe) e Marcinho; Léo Jaime (Otacílio Neto) e Lincom. Técnico: Marcelo Veiga.

Gols - Romarinho, aos 2, e Lincom, aos 40 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Flávio Rodrigues Guerra (SP).

Cartões amarelos - Renatinho, Felipe, Mineiro, Luis Felipe e Domingos.

Renda - R$ 3.515,00

Público - 482 pagantes

Local - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBragantinoSão CaetanoSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.