Reprodução/Twitter/Bragantino
Reprodução/Twitter/Bragantino

Bragantino derrota o São Bento e assume a liderança da Série B

Wesley e Ytalo marcaram os gols da vitória por 2 a 0, em Bragança Paulista

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2019 | 21h39

O Bragantino assumiu a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o São Bento por 2 a 0, atuando grande parte do duelo com um jogador a menos. A partida foi realizada nesta terça-feira no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela sétima rodada. Os gols foram marcados por Wesley e Ytalo.

Com o resultado, o Bragantino emplacou o terceiro triunfo consecutivo e pulou para a primeira posição com 16 pontos, contra 15 do Botafogo-SP. O time de Ribeirão Preto (SP) joga nesta sexta-feira contra a Ponte Preta, em Campinas (SP). O São Bento, por outro lado, ficou em 12.º lugar, com sete.

O jogo começou quente. Logo aos 11 minutos, o árbitro Leandro Bizzio Marinho apitou uma falta duvidosa de Léo Ortiz em Zé Roberto. Ele entendeu que o zagueiro da equipe da casa impediu chance real de gol do rival e acabou o expulsando. Com um a menos, o Bragantino foi empurrado para a defesa.

Em cobrança de falta no ângulo do meia Fabrício Oya, o goleiro Júlio César saltou para fazer um milagre e salvar o Bragantino. O goleiro ainda voltou a brilhar em arremate de Cafu e cabeçada de Vinícius Kiss, este à queima-roupa.

Apesar de estar com um jogador a menos, o Bragantino chegou a ameaçar o adversário. Após cobrança de escanteio, Claudinho soltou o pé, mas parou na grande defesa do goleiro Paulo Vitor.

No segundo tempo, o Bragantino voltou melhor e conseguiu envolver o São Bento mesmo com 10 jogadores. Aos 20 minutos, após cobrança de escanteio de Pio, Paulo Vitor tentou fazer a defesa, mas acabou furando e viu a bola dobrar limpa para Wesley. O atacante mandou para o fundo das redes.

O time de Sorocaba (SP) sentiu o gol e deu ainda mais espaço para o Bragantino. Em arremate de Wesley, Mansur afastou o perigo em cima da linha. Já Pio carimbou a trave, em mais uma bela cobrança de falta do time da casa.

E a situação do São Bento, que já era ruim, piorou. Régis fez falta em Bruno Tubarão e acabou expulso. Com 10 para cada lado, o Bragantino selou o triunfo. Aos 46 minutos, em bela jogada de contra-ataque, Ytalo recebeu em velocidade de Bruno Tubarão e tocou na saída de Paulo Vitor.

Na próxima rodada, a oitava, o Bragantino enfrenta o América-MG na próxima terça-feira, às 20h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). No mesmo dia, às 19h15, o São Bento visita o Vila Nova, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 2 x 0 SÃO BENTO

BRAGANTINO - Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Pio, Pedro Naressi e Ytalo (Matheus Peixoto); Wesley (Bruno Tubarão), Claudinho e Thiago Ribeiro (Rayan). Técnico: Antônio Carlos Zago.

SÃO BENTO - Paulo Vitor; Régis, Guilherme Mattis, Elton (Alisson) e Mansur; Fábio Bahia, Vinícius Kiss e Pablo (Joãozinho); Fabrício Oya (Alecsandro), Cafu e Zé Roberto. Técnico: Doriva.

GOLS - Wesley, aos 20, e Ytalo, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Pedro Naressi e Pio (Bragantino); Cafu, Zé Roberto e Fabrício Oya (São Bento).

CARTÕES VERMELHOS - Léo Ortiz (Bragantino); Régis (São Bento).

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho (SP).

RENDA - R$ 33.840,00.

PÚBLICO - 4.976 torcedores.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.