Bragantino e ASA anunciam demissão de seus técnicos

A 23.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada na última terça-feira, fez mais duas vítimas na competição. O técnico Leandro Campos não superou a terceira derrota seguida do ASA e foi demitido. Já Vagner Benazzi, mesmo com a vitória sobre o ABC, deixou o comando do Bragantino nesta quarta.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 15h34

Leandro Campos iniciou a Série B no Ceará e assumiu o ASA na oitava rodada, acumulando dez derrotas, cinco vitórias e um empate. Após a derrota para o Boa, por 1 a 0, em casa, o treinador pediu demissão: "O time precisa de uma nova dinâmica, porque ainda tem mais 15 rodadas" na continuidade da competição nacional.

Já Benazzi se reuniu com a diretoria do Bragantino na manhã desta quarta-feira e as partes entenderam que o time não vem apresentando um bom futebol nas últimas rodadas, apesar de ter vencido o lanterna ABC, por 2 a 1, em casa. "Nosso objetivo era chegar na 24.ª rodada com, no mínimo, 35 pontos, mas não conseguimos. Isso (mudança de treinador) faz parte do futebol", explicou o presidente do time de Bragança Paulista, Marquinho Chedid, ao justificar a demissão.

Nenhum dos dois times ainda definiu os substitutos. O ASA se encontra na zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro, em 17.º lugar, com 23 pontos, sete atrás do Bragantino, 11.º colocado, que volta a jogar no próximo sábado, contra o São Caetano, fora de casa. No mesmo dia, a equipe de Arapiraca pegará o Icasa, também longe de seus domínios.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBragantinoVágner Benazzi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.