Bragantino empata com Vila Nova e pode voltar para zona de rebaixamento

Partida no Estádio Nabi Abi Chedid termina fica no 2 a 2

Estadão Conteúdo

19 Agosto 2016 | 22h53

Em uma partida cheia de alternativas, nesta sexta-feira, Bragantino e Vila Nova-GO ficaram no empate por 2 a 2, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela primeira rodada do segundo turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Os goianos saíram na frente e os paulistas viraram, mas levaram o empate aos 40 minutos do segundo tempo.

O resultado não foi bom para o time paulista, que tem 21 pontos e, na 16ª colocação, corre o risco de voltar para a zona de rebaixamento no complemento da rodada. Já o Vila Nova chegou aos 26 pontos e está na nona colocação.

O Bragantino foi surpreendido logo aos 15 minutos, quando Jean Carlos cobrou falta e Guilherme Teixeira, de cabeça, abriu o placar para o Vila Nova. Os donos da casa sentiram demais o gol e só foram finalizar aos 30 minutos, com Eliandro. Na base do contra-ataque e da bola aérea, o time goiano só não ampliou porque Felipe fez boas defesas.

Na volta do intervalo, Eliandro recebeu cruzamento rasteiro de Erick na marca do pênalti e bateu de primeira, deixando tudo igual aos 12 minutos. O Bragantino virou na sequência em mais uma jogada dos seus dois homens de frente. Desta vez, Eliandro serviu e Erick estufou as redes de Saulo num chute em diagonal. Aos 40, Felipe saiu errado em cobrança de escanteio e Vandinho completou de cabeça, com força, empatando novamente.

O Bragantino volta a campo só no próximo sábado, contra o Luverdense, às 21 horas, no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). No mesmo dia, o Vila Nova recebe o Náutico, às 16h30, no Serra Dourada, em Goiânia (GO). Os jogos serão válidos pela 21ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 2 x 2 VILA NOVA

BRAGANTINO - Felipe; Alemão, Ednei, Rodrigo Sam e Bruno Pacheco; Edson Sitta (Gabriel Dias), André Rocha, Rivaldo (Léo Jaime), Felipe Nunes (César Gaúcho) e Erick; Eliandro. Técnico: Marcelo Veiga.

VILA NOVA - Saulo; Bruno Oliveira (Roger), Reniê, Guilherme Teixeira e Maguinho; Reginaldo (Joãozinho), Fagner, Fernando Neto e Jean Carlos; Moisés e Patrick (Vandinho). Técnico: Guilherme Alves.

GOLS - Guilherme Teixeira, aos 15 minutos do primeiro tempo. Eliandro, aos 12, Erick, aos 29, e Vandinho, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edson Sitta, Léo Jaime, Alemão, Rodrigo Sam, Bruno Pacheco e André Rocha (Bragantino); Guilherme Teixeira, Maguinho e Bruno Oliveira (Vila Nova).

ÁRBITRO - Marcos Mateus Pereira (MS).

RENDA - R$ 4.100,00.

PÚBLICO - 417 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.