Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Bragantino fecha com Alerrandro e mostra interesse no zagueiro Gabriel

Com aportes da Red Bull, clube do interior paulista irá disputar a série A em 2020 e quer montar grande time

Ricardo Magatti, especial para a AE, Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2019 | 19h05

Recém-promovido à elite do futebol brasileiro, o Bragantino trabalha nos bastidores para montar um time forte em 2020. Nesse contexto, o clube do interior paulista fechou com seu primeiro reforço para a próxima temporada: o jovem atacante Alerrandro, do Atlético-MG.

A transferência foi oficializada nesta sexta-feira pelo Atlético-MG, que terá um porcentual do jogador em caso de transferências futuras. O contrato de Alerrandro com o Bragantino será de cinco anos. Os valores da negociação não foram revelados.

Alerrandro estava sem espaço no clube mineiro. Ele foi revelado pelo Atlético-MG e subiu ao time profissional no começo desta temporada. Teve um início fulminante, com 13 gols marcados nos 19 primeiros jogou em que atuou. Ele chegou a ser titular, mas caiu de rendimento e voltou para reserva.

Com a chegada do argentino Di Franco, o jovem virou a terceira opção do técnico Vagner Mancini e passou a sequer ficar entre os relacionados em alguns jogos, o que gerou insatisfação no jogador.

Recentemente, Alerrandro sofreu uma lesão muscular no adutor da coxa direita. Ele não entra em campo 13 de outubro, quando jogou os minutos finais do duelo contra o Grêmio, pelo Brasileirão, e não balançar as redes há quase sete meses. A última vez que marcou foi em 6 de junho, no empate em 1 a 1 com o São Paulo.

Alerrandro se despediu do Atlético por meio de uma publicação em seu perfil no Instagram. "Não quero dizer adeus, porque esse clube sempre vai ser a minha casa. Então, até breve! Muito obrigado por tudo!", diz um trecho da publicação.

GABRIEL

O Estado apurou que, depois de anunciar Alerrandro, o Bragantino tem interesse no zagueiro Gabriel, que está emprestado ao Botafogo pelo Atlético-MG. O contrato com o clube carioca vai até o final de 2020, mas há uma cláusula no acordo que permite que o time mineiro solicite o retorno do jogador no início da próxima temporada.

Gabriel, de 24 anos, é titular absoluto do Botafogo e se tornou um dos principais jogadores do elenco. Ele tem 51 partidas nesta temporada e o clube carioca deseja a sua permanência, mas a tendência é de que não tenha o desejo atendido. O Atlético quer que o defensor retorne para negociá-lo com o Bragantino.

A fusão do Bragantino com o Red Bull permitiu ao clube investir alto em contratações. Com aporte financeiro da marca austríaca de bebidas energéticas, a ideia é trazer jogadores jovens com alto potencial esportivo e de mercado para não apenas permanecer na Série A, mas ser competitivo na elite do futebol nacional.

A empresa austríaca ainda não definiu quanto irá investir no Bragantino no próximo ano, mas o montante deve ser alto. CEO à frente da parceria, Thiago Scuro afirmou em algumas ocasiões que o patamar do investimento seria maior com a presença do clube na Série A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.