Bragantino ganha do Paraná, mas perde chance de acesso na Série B

De olho no acesso no Campeonato Brasileiro da Série B, o Bragantino fez sua parte ao vencer o Paraná, por 2 a 0, no estádio Durival de Britto, neste sábado à tarde, pela 37.ª rodada, a penúltima da temporada. Mas o sonho de voltar à elite nacional acabou para o time paulista, que atingiu os 60 pontos, em quinto lugar, e viu seus adversários Santa Cruz, Vitória e América-MG carimbarem suas vagas ao lado do campeão Botafogo.

Estadão Conteúdo

21 Novembro 2015 | 19h33

Desta forma, a despedida do Bragantino diante do Náutico será apenas para cumprir tabela na próximo sábado. Os dois times têm a mesma pontuação e quem vencer vai garantir a quinta posição. O Paraná, que entrou em campo sem nenhuma aspiração, permanece com 46 pontos, em 13.º lugar. Os dois times vão ser os mais "velhinhos" em sequência na Série B em 2016, com nove temporadas.

Apesar da vantagem no primeiro tempo, pela contagem mínima, o Bragantino não teve uma grande atuação. O Paraná dominou o meio de campo, diminuiu os espaços e criou as chances mais perigosas. O goleiro Douglas "salvou a pátria" bragantina em duas vezes. Aos 16 minutos num chute de Ricardinho e depois num desvio de Henrique após falta levantada por Rafael Costa, aos 40 minutos.

Nesta altura, aos 29 minutos, a sorte ajudou o time paulista. Jocinei recebeu a bola na intermediária e soltou a bomba de perna esquerda. No meio do caminho a bola desviou no zagueiro Luiz Felipe e tirou o goleiro Marcos da jogada. A arbitragem anotou gol contra.

"O que interessa é que estamos na frente", comentou Jocinei no intervalo. E quando Douglas não defendeu, contou com a sorte. O time da casa teve outra chance real aos 46 minutos, quando Henrique fez a finta de corpo num adversário e bateu em curva. A bola explodiu no travessão.

No segundo tempo, o Paraná tentou se manter no ataque. Mas com o passar do tempo, foi se cansando e também perdendo a disposição. O Bragantino não conseguiu armar os contragolpes para tentar ampliar o placar. Nos últimos minutos, o time paranaense ainda teve duas chances com Thiaguinho. Na primeira, ele chutou para fora e na outra, Douglas defendeu e garantiu a vitória. Como castigo, aos 44 minutos, Jobinho ampliou ao desviar de cabeça uma falta levantada por Alan Mineiro.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ 0 X 2 BRAGANTINO

PARANÁ - Marcos; Crystian (Lucas Pará), Luiz Felipe, Zé Roberto e Luciano Castán; Jean (Thiaguinho), Fernandes, Rafael Costa e Ricardinho; Yan Philippe (Carlão) e Henrique. Técnico: Fernando Miguel.

BRAGANTINO - Douglas; Alemão, Gilberto, Éder Lima e Moisés; Renan, Jocinei (Bruno Formigoni), Alan Mineiro e Chico (Erick); Rodolfo (Jobinho) e Thiago Santos. Técnico: Wagner Lopes.

GOLS - Luiz Felipe, contra, aos 29 minutos do primeiro tempo. Jobinho, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Igor Junio Benevenuto (MG).

CARTÕES AMARELOS - Henrique, Thiauingo e Luciano Castán (Paraná). Gilberto, Thiago Santos e Chico (Bragantino).

RENDA - R$ 16.870,00.

PÚBLICO - 1.440 pagantes (1.757 total).

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Mais conteúdo sobre:
futebol Série B Bragantino Paraná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.