Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bragantino passa pelo Rio Branco em plena Americana

O Bragantino não tomou reconhecimento do Rio Branco e venceu o rival por 3 a 1, em pleno Estádio Décio Vitta, em Americana, na tarde deste domingo.Com o resultado, o time de Bragança Paulista chegou aos sete pontos no Campeonato Paulista, enquanto que o Rio Branco segue sem pontuar no campeonato e ocupa a zona de rebaixamento.Os dois times apresentaram um futebol apático no início do jogo. O Rio Branco tentava de forma desordenada pressionar a sólida defesa do Bragantino. Quem abriu o placar foram os visitantes. Aos 36 minutos, Alex Afonso aproveitou falha da zaga e, da entrada da área, bateu no canto direito. O empate veio dois minutos depois. Cris fez pênalti em Leandro Love. Na cobrança, o próprio Love marcou. Na segunda etapa, o time da casa abusou dos erros na defesa. O Gol da virada do clube de Bragança aconteceu aos seis minutos. O atacante Bill escapou em velocidade, dividiu com o zagueiro Paulão, a bola espirrou no lateral Vainer e foi para o gol. O árbitro, porém, deu gol do atacante. No final, aos 45, Zelão ainda teve tempo para marcar o terceiro. Na próxima quinta-feira, às 20h30, o Rio Branco volta a campo para enfrentar o Paulista, no Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. Enquanto isso, o Bragantino vai até Guaratinguetá jogar contra o time local, na quarta-feira, às 20h30, no Estádio Dario Rodrigues Leite. Ficha técnica:Rio Branco 1 x 3 BragantinoRio Branco - Adir; Éderson, Paulão, Naílton e Vainer; Rodrigo Pontes (Thiago Silva), Felipe, Fernando e Rodrigo Batata (Bachin); Leandro Love e Alê Menezes (Rodriguinho). Técnico: Zé Teodoro. Bragantino - Felipe; Cris, Zelão e Thiago Vieira; Júlio César, Adriano, Mário (Somália), Moradei e Nilton (Robson); Alex Afonso (Bill) e Everton. Técnico: Marcelo Veiga. Gols - Alex Afonso, aos 36, e Leandro Love aos 38 minutos do primeiro tempo; Bill, aos 6, e Zelão aos 45 minutos do segundo. Árbitro - Guilherme Cereta de Lima. Cartão amarelo - Robson. Local - Estádio Décio Vitta, em Americana.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2007 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.