Bragantino perde do Rio Claro e volta à A-2 do Paulista após 10 anos

Equipe soma apenas 7 pontos em 14 jogos disputados no Estadual

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2015 | 20h33

Depois de ficar 10 anos seguidos na elite do futebol de São Paulo, o Bragantino vai ter que amargar a Série A2 em 2016. A sua fraca campanha foi confirmada, neste domingo, quando perdeu para o Rio Claro por 2 a 1, no estádio Augusto Schimidt Filho, na cidade de Rio Claro (SP), pela 14.ª rodada do Campeonato Paulista.

Com apenas sete pontos em 14 jogos, totalizando 11 derrotas, o time de Bragança Paulista (SP) faz companhia ao lanterna Marília, com apenas dois pontos. O time rioclarense, com 16, não vencia há três rodadas, passou a ocupar a 14.ª posição, mas ainda depende de combinações de resultados na última rodada para não ser rebaixado.

Se os primeiros minutos de jogo foram equilibrados, logo se viu em campo o Rio Claro mais bem distribuído em campo pelo técnico Estevam Soares. Bem fechado na defesa e tentando explorar as laterais do campo. Para facilitar, o time da casa abriu o placar aos 15 minutos. O zagueiro Ferreira perdeu a bola na saída de jogo e deixou Paulinho livre para entrar na área. O goleiro Lauro fez grande defesa, mas o rebote ficou para Bruno Catanhede, que ajeitou e bateu forte para as redes.

O gol descontrolou o Bragantino, que começou a exagerar nas faltas, às vezes até sem sentido. O Rio Claro criou outras chances e poderia ter ampliado o placar se não fossem duas boas defesas de Lauro.

No segundo tempo, o Rio Claro voltou recuado para se defender e tentar o contra-ataque. Sem opção, o visitante foi para o ataque na base do "tudo ou nada". E criou várias chances para marcar, mas esbarrou nas boas defesas do goleiro Richard. De tanto insistir, o Bragantino empatou aos 33 minutos, quando Wilker tabelou na frente da área e bateu. O goleiro Richard falhou porque a bola passou por debaixo dele.

Os últimos minutos foram dramáticos. O time de Bragança Paulista se abriu todo e deixou espaços para os contra-ataques do Rio Claro, que marcou o segundo gol aos 38 minutos em uma bela jogada de Matheus. Na linha de fundo, ele deu uma "caneta" - entre as pernas - de Ferreira e na saída de Lauro deu um leve toque por cima ao estilo dos grandes artilheiros. Um golaço.

Na última rodada, nesta quarta-feira, o Rio Claro vai sair para enfrentar o Santos, enquanto que o Bragantino vai apenas cumprir tabela contra o Audax, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA

RIO CLARO 2 x 1 BRAGANTINO

RIO CLARO - Richard; Vinícius Bovi, Pitty, Gilberto e Renan Diniz; Alê, Renan Luis, Matheus Galdezani e Guaru (Macena); Paulinho (Carlinhos) e Bruno Catanhede (Jefferson Paulista). Técnico: Estevam Soares.

BRAGANTINO - Lauro; Bruno Ferreira (João Vitor), Ferreira, Renato Santos e Pará; Adilson Goiano, Léo Gago, Muralha (Esquerdinha) e Caio; Erick e Pedro Henrique (Wilker). Técnico: Vagner Benazzi.

GOLS - Bruno Catanhede, aos 15 minutos do primeiro tempo; Wilker, aos 33, e Matheus Galdezani, aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Alê, Macena e Matheus Galdezani (Rio Claro). Adilson Goiano, Pedro Henrique, Wilker e Bruno Ferreira (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Ferreira (Bragantino).

ÁRBITRO - Marcelo Rogério.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.