Bragantino surpreende e bate Ponte Preta em Campinas

Uma semana depois de vencer o arquirrival Guarani, a Ponte Preta conheceu a sua primeira derrota em casa neste Campeonato Brasileiro da Série B. Em seu melhor jogo na competição, o Bragantino surpreendeu e bateu o time de Campinas por 3 a 1, neste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, pela 12.ª rodada.

AE, Agência Estado

23 de julho de 2011 | 18h36

O resultado põe fim a uma invencibilidade de quase quatro meses em casa da Ponte Preta. A última derrota havia acontecido no dia 30 de março, quando perdeu para o Goiás, pela segunda fase da Copa do Brasil. Apesar do revés, os donos da casa seguem na vice-liderança, com 23 pontos. Agora, três a menos que a líder Portuguesa, que derrubou o Vitória, em Salvador.

Por outro lado, o Bragantino conquista a sua primeira vitória longe de casa, após quatro derrotas e apenas um empate. Este importante triunfo afasta o clube da zona de rebaixamento, já que agora figura na 13.ª posição, com 15 pontos.

Ao contrário do que muitos imaginavam, a Ponte Preta não conseguiu impor seu jogo para fazer mais um vítima em casa. Pelo contrário. Com uma marcação eficiente e apostando nas jogadas de bola parada, o Bragantino praticamente resolveu o jogo no primeiro tempo. Aos 31 minutos, Marcinho cobrou lateral na área, Lincom fez o pivô e tocou para Otacílio Neto. O atacante bateu de virada e acertou o canto esquerdo de Júlio César.

O segundo gol foi anotado pelo próprio Lincom. Após escanteio cobrado por Deyvid Sacconi, o atacante se antecipou e marcou de cabeça.

Com dois gols em desvantagem, a Ponte Preta foi obrigada a sair ao ataque na etapa final. Tanto que o técnico Gilson Kleina mandou os atacantes Márcio Diogo e Lúcio Flávio nas vagas do volante Dionísio e do atacante Ricardinho, respectivamente.

Apesar disso, o time campineiro conseguiu apenas diminuir com o atacante Ricardo Jesus, aos 29 minutos. Foi o 11.º gol do artilheiro isolado da Série B. No fim, aos 49, os visitantes ainda fizeram o terceiro, com Lincom, em um contragolpe fulminante.

Na próxima terça-feira, às 21h50, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Paraná, no estádio Durival de Britto, em Curitiba. Já o Bragantino joga contra o Boa, no mesmo dia, às 19h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Ficha técnica

Ponte Preta 1 x 3 Bragantino

Ponte Preta - Júlio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel; Dionísio (Márcio Diogo), João, Mancuso (Soares) e Renatinho; Ricardo Jesus e Ricardinho (Lúcio Flávio). Técnico: Gilson Kleina.

Bragantino - Gilvan; Felipe, André Astorga e Luís Carlos; Luís Felipe, Mineiro, Leandro Biton (Diogo), Deyvid Saconni (Carlos Alberto) e Marcinho; Lincom e Otacílio Neto (Léo Jaime). Técnico: Marcelo Veiga.

Gols - Otacílio Neto, aos 31, e Lincom, aos 44 minutos do segundo tempo; Ricardo Jesus, aos 29, e Lincom, aos 49 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Otacílio Neto, Leandro Biton, Felipe e Marcinho (Bragantino).

Cartão vermelho - Leandro Silva (Ponte Preta).

Árbitro - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP).

Renda - R$ 37.542,00.

Público - 4.499 pagantes.

Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.