Bragantino vence e afunda Marília no duelo dos piores do Paulistão

Depois de um primeiro tempo sonolento e de baixo nível técnico, o Bragantino foi melhor do que o Marília e venceu por 1 a 0, nesta terça-feira à noite, pela nona rodada do Campeonato Paulista. No duelo que reuniu as duas piores equipes do Estadual, o Marília ficou em situação ainda mais complicada na tabela geral.

Estadão Conteúdo

10 Março 2015 | 21h41

Com apenas dois pontos, o time continua sem vencer e segurando a lanterna. Para o Bragantino, a vitória interrompeu uma série de sete derrotas. E de quebra ganhou uma posição, saindo da vice-lanterna para a 18ª posição, com seis pontos na última colocação do fraco Grupo D.

O primeiro tempo foi sonolento e os dois times comprovaram porque estão na rabeira da competição. Muitos erros de passes, nenhuma chance de gols e gritos desesperados de seus técnicos. Não houve sequer uma chance de gol clara.

Na volta do intervalo ninguém fez alteração, mas antes do primeiro minuto quase o Marília abriu o placar. Após levantamento, a defesa do Bragantino parou pedindo impedimento e o Marília quase marcou.

Aos dois minutos, o Bragantino obrigou, pela primeira vez, o goleiro Rodrigo Calchi fazer uma defesa ao espalmar para escanteio a falta bem cobrada por Léo Gago. A melhor chance aconteceu aos 14 minutos, quando Thiago Feltri ficou sozinho na frente da área e soltou a bomba. A bola explodiu na trave direita do goleiro.

O Bragantino continuou melhor e quase abriu o placar aos 19 minutos, numa jogada rápida de Diego Maurício, que tirou tinta da trave. Um pouco antes, o técnico Bruno Quadros reforçou a marcação do Marília com a saída do volante Gilberto e a entrada do defensor Evandro Pantaneiro. Mas não deu tempo de evitar o gol de Diego Maurício que não perdoou na segunda chance que teve. Lançado entre os zagueiros deu um leve toque sobre o goleiro Rodrigo Calchi, que ainda tocou na bola, aos 22 minutos.

No próximo sábado, pela 10ª rodada, o Bragantino vai enfrentar Linense, fora de casa. O Marília receberá o Santos no mesmo dia.

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 1 x 0 MARÍLIA

BRAGANTINO - Gilson; Diego Macedo (Pará), Ferreira, Thiago Martinelli e Thiago Feltri; Uchôa, Adilson Goiano, Léo Gago e Caio (Muralha); Erick (Igor) e Diego Maurício. Técnico: Márcio Araújo.

MARÍLIA - Rodrigo Calchi; Gil, Thiago Gomes, Marcus Vinícius e Deca; Juninho Ortega (Gilberto Trindade), Gilberto (Evandro Pantaneiro), Vitor Cruz e Bruno Farias (Netinho); Wellington Amorim e Thiago Elias. Técnico: Bruno Quadros.

GOL - Diego Maurício, aos 22 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Erick, Gilson e Diego Macedo (Bragantino); Juninho Ortega, Thiago Gomes e Wellington Amorim (Marília).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues Guerra.

RENDA - R$ 17.885,00.

PÚBLICO - 3.465 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Mais conteúdo sobre:
futebol Paulistão Bragantino Marília

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.