Bragantino vence e fica perto de se livrar do descenso

O Bragantino se manteve fora da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o Ceará por 2 a 1, de virada, neste sábado, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela 37.ª rodada, a penúltima na temporada. E, para vencer, o time paulista teve raça e sorte porque aos 43 minutos do segundo tempo o atacante Robert chutou para fora uma penalidade máxima que poderia dar o empate ao clube da casa.

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2012 | 18h34

Com isso, o Bragantino ficou com 41 pontos, em 15.º lugar. Do outro lado, o Ceará permanece com 46 pontos, em 11.º. Na última rodada, o time paulista depende apenas de suas forças contra o Boa, em Bragança Paulista, para evitar a queda. O Ceará vai até Salvador para enfrentar o Vitória, que ainda luta pelo acesso à Série A do Brasileiro.

Sem nada a perder, o Ceará largou na frente no primeiro minuto. Após escanteio, Heleno ajeitou de cabeça e, na pequena área, Robert completou para as redes também de cabeça. O visitante se desestabilizou por alguns minutos, mas foi buscar o empate aos 26. Malaquias foi lançado nas costas da defesa e bateu cruzado. Nada mais aconteceu no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, esperava-se o Bragantino mais agressivo porque precisava da vitória. Mas o Ceará é quem teve o domínio da bola. Aos 18 minutos, Léo Jaime foi deslocado na área por Potiguar, com o braço direito aberto. O árbitro, porém, não marcou o pênalti.

Mas, aos 30 minutos, o árbitro não teve dúvida de marcar a penalidade máxima quando Potiguar empurrou por trás o zagueiro Toninho. Na cobrança, aos 31, Diego Macedo virou o placar. Depois disso, não se arriscou mais e garantiu a vitória. Mesmo porque, aos 43, Robert desperdiçou um pênalti cometido por Bruno Iotti sobre um atacante rival.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 x 2 BRAGANTINO

CEARÁ - Donantan; Apodi, Potiguar, Heleno e Eusébio; Régis (Dassayev), João Marcos, Leandro Chaves (Gabriel) e Luiz Henrique; Mota (Magno Alves) e Robert. Técnico: Anderson Silva (interino).

BRAGANTINO - Gilvan; André Astorga, André Vinícius e Toninho; Diego Macedo, Carlinhos, Glauber (Preto), Malaquias e Bruno Iotti; Lincon (Barbosa) e Léo Jaime (Tiago Luis). Técnico: Vágner Benazzi.

GOLS - Robert, a 1, e Malaquias, aos 26 minutos do primeiro tempo; Diego Macedo (pênalti), aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gabriel (Ceará); André Vinícius, Toninho, Preto, Diego Macedo, Bruto Iotti e Carlinhos (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Potiguar (Ceará).

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.