Divulgação
Divulgação

Bragantino vence Guarani em Barueri e conquista o Troféu do Interior

Único gol da partida na Arena Barueri foi marcado pelo zagueiro Léo Ortiz, ainda no primeiro tempo

Redação, Estadão Conteúdo

05 de agosto de 2020 | 00h08

Em uma partida bastante disputada na Arena Barueri, o Red Bull Bragantino conquistou o Troféu do Interior com uma vitória sobre o Guarani, por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Léo Ortiz, ainda no primeiro tempo.

Além de garantir vaga na Copa do Brasil de 2021, o Bragantino recebe uma premiação de R$ 360 mil pelo seu primeiro título do interior. Já o Guarani ganha R$ 100 mil pelo vice-campeonato e deixa de se igualar à rival Ponte Preta, que tem seis títulos. O título acaba fazendo justiça pelo que foi apresentado na fase classificatória, quando o Bragantino fez a melhor campanha entre os clubes participantes.

A partida começou movimentada com os dois times buscando o ataque. A primeira grande chance foi do Guarani, com Lucas Crispim acertando o travessão. Mas o Bragantino foi quem abriu o placar aos 32 minutos.

Aderlan chutou e Jefferson Paulino espalmou. Após a cobrança de escanteio, a bola sobrou para Edmar cruzar na cabeça de Leo Ortiz. O zagueiro subiu mais que Pablo e mandou no cantinho.

No começo do segundo tempo, Lucas Crispim fez grande jogada individual e chutou para fora. A situação do Guarani ficou mais complicada aos 20 minutos quando Deivid recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Mesmo com um a menos, o Guarani lutou até o final e só não empatou porque Cleiton defendeu chute de Júnior Todinho. No contra-ataque, o Bragantino quase ampliou com Claudinho e Vitinho.

Após o jogo aconteceu a premiação aos campeões co medalhas. O troféu foi erguido por Léo Ortiz, capitão da noite, ao lado do goleiro Júlio César, que ficou na reserva, mas vinha utilizando a braçadeira.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 1 X 0 GUARANI

BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan (Claudinho), Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Ryller (Vitinho depois Bruno Tubarão), Matheus Jesus e Weverson; Alerrandro, Morato e Artur. Técnico: Felipe Conceição.

GUARANI - Jefferson Paulino; Pablo, Bruno Silva, Walber e Bidu; Deivid, Arthur Rezende (Elias Carioca) e Lucas Crispim; Bruno Sávio (Giovanny), Júnior Todinho e Waguininho. Técnico: Thiago Carpini.

GOL - Léo Ortiz, aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRA - Edina Alves Batista.

CARTÕES AMARELOS - Weverson, Fabrício Bruno, Artur, Ryller e Matheus Jesus (Red Bull Bragantino); Arthur Rezende, Deivid e Bidú (Guarani).

CARTÃO VERMELHO - Deivid (Guarani).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.