Branco ameaça afastar jogadores no Fluminense

Coordenador de futebol afirma que foi ridículo o primeiro turno da equipe no Campeonato Brasileiro

Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 19h39

A derrota para o Coritiba no domingo amargou o clima no Fluminense. Nesta segunda-feira, o coordenador de futebol Branco classificou como ridículo o primeiro turno da equipe e garantiu que afastará quem não estiver comprometido no returno.

Veja também:

linkFábio Santos é reforço contra o São Paulo

linkPonte libera Gum para o Flu 

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Fui contratado para resolver os problemas junto com a comissão técnica. A partir de quarta-feira o jogador ou qualquer outro profissional que não estiver comprometido com esses 19 jogos, que representam a vida da nação tricolor, vou tirar do grupo", assegurou Branco, antes de ressaltar que o elenco precisa de vergonha na cara para sair dessa incômoda situação.

"Hoje a nossa situação é complicada, mas temos o turno inteiro para sair dela com disciplina e vergonha na cara. É necessário comprometimento acima de tudo", afirmou Branco. "O nosso primeiro turno foi ridículo e os jogadores se sentem envergonhados por isso. Não podem sair na rua, é uma situação muito incômoda, e eles vão sair dessa".

Com a derrota para o Coritiba, rival direto na zona de rebaixamento, o Fluminense caiu para a 19ª colocação do Campeonato Brasileiro, com apenas 15 pontos somados em 19 partidas. Na primeira rodada do segundo turno, a equipe carioca enfrenta o São Paulo, quarta-feira, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.