Reprodução
Reprodução

Brasil, agora, é o favorito nos sites de apostas à conquista da Copa

Antes do início do Mundial, internautas apostavam que a Espanha era a favorita ao título no Mundial

Estadão.com.br

30 de junho de 2010 | 16h19

SÃO PAULO - Antes do início da Copa do Mundo, os internautas não estavam acreditando muito em uma conquista de título pelo Brasil e elegiam a Espanha como a grande favorita. Depois de 20 dias de competição e do afunilamento de competidores, a seleção brasileira toma a liderança da Espanha nas apostas virtuais.

Veja também:

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

No site bwin.com, que patrocina grandes equipes europeias como o Milan, Real Madrid e Bayern de Munique, o Brasil é apontado como o favorito à conquista da Copa, seguido de Espanha, Argentina e Alemanha, na ordem. Gana e Paraguai são apontadas como as possíveis zebras, nas duas últimas colocações no ranking de apostas. No mesmo site, o atacante David Villa é o líder nas apostas dos possíveis artilheiros da Copa, seguido do argentino Gonzalo Higuaín e do brasileiro Luís Fabiano.

 

Para os confrontos da fase de quartas-de-final, que terá início nesta sexta-feira, os apostadores virtuais do site sportingbet.com elegeram o Brasil como favorito, com larga vantagem, na partida contra a Holanda. Se esse favoritismo se confirmar, quem apostou, por exemplo, 1 euro na seleção brasileira, receberá de prêmio 1,85 euro. Já o empate pagará 3,25 euros para cada euro apostado nesse resultado. E quem escolheu a Holanda como vencedora, receberá 4,2 euros para cada unidade apostada.

 

Nos outros confrontos, Espanha, que enfrenta o Paraguai, Uruguai, que pega Gana, e Argentina, que duelará contra a Alemanha, são as favoritas à vitória nos outros confrontos das quartas-de-final da Copa.

Apostas 'estrangeiras'

Como a legislação brasileira proíbe a atividade dos chamados 'jogos de azar' no País, a internet tem sido opção para os brasileiros que querem arriscar a sorte em apostas nos mais diversos segmentos, não só esportivo. Com sede em outros países, os sites de apostas oferecem versões em língua portuguesa e aceitam o pagamento das apostas por cartão de crédito, facilidades que têm atraído o público brasileiro para este setor que tem crescido bastante no mundo inteiro graças ao advento da internet.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.