Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Brasil busca recuperação no Sub-17

Após um empate inesperado contra Camarões (1 a 1) na estréia no Mundial Sub-17, que está sendo disputado na Finlândia, a seleção brasileira do técnico Marcos Paquetá já se prepara para o jogo contra Portugal, atual campeão europeu, domingo, às 11 horas (de Brasília), em Tampere. O Brasil precisa de uma vitória para permanecer com chances de classificação.O resultado na estréia desagradou a todos. A equipe tinha plenas condições de vencer os camaroneses, que jogaram boa parte do segundo tempo com dois jogadores a menos. "Nossos jogadores estavam um pouco nervosos no início da partida, mas após o gol de Camarões todos tiveram calma o suficiente para colocar nosso jogo em prática", analisou o treinador, que não mexerá na escalação.Neste sábado, em Turku, Argentina e Costa Rica se enfrentam na partida mais importante da segunda rodada do torneio - uma vitória garante os argentinos nas quartas-de-final. Na estréia, a equipe sul-americana derrotou a Austrália por 2 a 0 e assumiu a liderança do grupo B, com 3 pontos. A Costa Rica arrancou um empate por 1 a 1 contra a Nigéria, atual vice-campeã da categoria, nos últimos minutos.A vitória argentina não entusiasmou o técnico Hugo Tocalli, que espera mais de seus garotos. "Estou feliz com o resultado, mas não com a forma de minha equipe jogar. Este time pode dar muito mais."No outro jogo da chave, a Austrália enfrenta os nigerianos no confronto dos "desesperados".Pelo grupo A, a Finlândia, líder da chave (3 pontos), enfrenta o México em Helsinque. Depois de uma vitória por 2 a 1, de virada, contra a China, os anfitriões já são apontados como surpresas da competição, ao lado da seleção norte-americana.No outro jogo, Colômbia e China se enfrentam precisando da vitória.

Agencia Estado,

15 de agosto de 2003 | 20h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.