Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Brasil busca vaga antecipada diante da Costa do Marfim

Após vencer apertado a Coreia do Norte, a seleção sabe que não terá vida fácil, principalmente pela presença do atacante Drogba em campo

ANDRÉ CARDOSO, Agência Estado

20 de junho de 2010 | 06h34

Depois da sofrida vitória sobre a Coreia do Norte na estreia da Copa do Mundo, a seleção brasileira volta a jogar neste domingo, quando enfrenta a Costa do Marfim, a partir das 15h30 (horário de Brasília), no estádio Soccer City, em Johannesburgo. E pode até garantir a classificação antecipada para as oitavas de final do Mundial da África do Sul, caso consiga ganhar novamente.

Veja também:

blog BLOG - Seleção na Copa

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador |

Com a vitória sobre a Coreia do Norte, além do empate entre Costa do Marfim e Portugal no outro jogo da chave, o Brasil está sozinho na liderança do Grupo G. Assim, já garante uma das duas vagas nas oitavas de final se vencer neste domingo - depois, ainda enfrentará os portugueses na última rodada da primeira fase do Mundial, em jogo marcado para acontecer na próxima sexta-feira.

Mas, apesar de mirar a classificação antecipada, o Brasil sabe que não terá vida fácil diante da Costa do Marfim. Passado o nervosismo e a ansiedade da estreia, a seleção brasileira promete mostrar evolução no segundo jogo da Copa. O problema é que o adversário deste domingo é muito melhor do que a Coreia do Norte, de quem já foi bem complicado ganhar na última terça.

Diante de Drogba e companhia, a defesa brasileira promete ter atenção especial. Enquanto isso, o ataque ainda procura se acertar, depois da fraca atuação no jogo contra a Coreia do Norte. Dessa vez, porém, os jogadores do Brasil esperam encontrar mais espaço para jogar - os norte-coreanos se fecharam na defesa durante praticamente os 90 minutos do confronto da última terça.

"Contra adversários totalmente fechados na defesa, fica mais difícil", reconheceu Dunga, comentando sobre os problemas enfrentados diante da Coreia do Norte. Ele aposta, porém, que a Costa do Marfim irá se arriscar mais no ataque no jogo deste domingo, o que favorece o estilo de jogo do time brasileiro. "A tendência do Brasil é melhorar", avisou o atacante Robinho.

Assim como aconteceu na estreia, é provável que Kaká não aguente jogar os 90 minutos, pois ainda não atingiu a forma física ideal depois das seguidas lesões que sofreu no primeiro semestre. Mas a expectativa é de que ele consiga ter uma atuação um pouco melhor dessa vez, numa evolução natural do trabalho especial que tem sido feito para deixá-lo novamente em alto nível.

FICHA TÉCNICA:

Brasil - Julio Cesar; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano e Kaká; Robinho e Luís Fabiano. Técnico: Dunga.

Costa do Marfim - Barry; Demel, Kolo Touré, Zokora e Tiene; Yaya Touré, Tiote, Eboue e Dindane; Kalou e Drogba (Gervinho). Técnico: Sven-Goran Eriksson.

Árbitro - Stephane Lannoy (França).

Horário - 15h30 (de Brasília).

Local - Estádio Soccer City, em Johannesburgo (África do Sul).

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolBrasilCosta do Marfim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.