Brasil começa bem no Mundial Sub-17

O Brasil, sem um futebol de empolgar, venceu a Austrália por 1 a 0 na sua estréia no Mundial Sub-17, nesta sexta-feira à noite, em Porto de Espanha, Trinidad e Tobago. A Seleção Brasileira enfrenta a Croácia no domingo e com uma vitória garante a classificação às quartas-de-final.No primeiro tempo, a Seleção teve o domínio do jogo, mas caiu de produção no segundo, quando os australianos estiveram perto de marcar. O Brasil só melhorou depois que o técnico Sérgio Farias, incomodado com a apatia dos garotos, trocou Bruno por Caetano, na tentativa de abrir o jogo pelas pontas. O gol saiu aos 30 minutos, quando Anderson driblou um zagueiro e, quase sem ângulo, bateu cruzado. O gol devolveu a confiança à Seleção Brasileira, que criou mais duas chances para ampliar a contagem. A Croácia, adversário do Brasil no domingo, estreou vencendo Trinidad e Tobago por 2 a1 na abertura do Mundial. No Grupo C, a Argentina estréia contra Burkina Fasso, às 19h30 deste sábado (horário brasileiro), em Couva, em busca do único título mundial que ainda não conquistou no futebol. Os argentinos chegam credenciados como vice-campeões sul-americanos e um dos favoritos em Trinidad e Tobago.O time é liderado pelo volante Javier Mascherano, uma "cópia" de Diego Simeone, que joga no River Plate. Outro destaque é o atacante Maxi Lopez, também do River. Burkina se apresenta como vice-campeão africano Sub-17.O outro jogo do Grupo C será entre Espanha e Omã, 17h (horário brasileiro). Os espanhóis chegam com seis títulos europeus da categoria. A maior aposta é no atacante Fernando Torres. A seleção espanhola é a esperança do futebol europeu, que tem magros resultados nos Mundiais Sub-17. Omã é campeã da Ásia. No Mundial de 95, ficou em quarto lugar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.