Brasil dá vexame e empata com Canadá

O torcedor que acordou cedo para acompanhar o jogo da seleção brasileira neste sábado, a partir da 5 horas (horário de Brasília), deve ter se arrependido. Afinal, o Brasil teve uma atuação muito ruim e não saiu do 0 a 0 com o Canadá, em Kashima, no Japão, pela segunda rodada do Grupo B da Copa das Confederações. Agora, o time de Leão soma 4 pontos na competição e vai decidir sua classificação na última rodada, segunda-feira, contra o Japão.A seleção começou o jogo com duas modificações em relação ao time que venceu Camarões, na estréia na competição. Fábio Rochemback substituiu Vampeta e Carlos Miguel entrou no lugar de Vágner. Aos 21 minutos do primeiro tempo, o técnico Emerson Leão teve de fazer outra mudança: Sonny Anderson, contundido, deixou o campo para a entrada de Leandro.Apesar dessas alterações, o Brasil não conseguiu levar perigo ao gol do Canadá, que também não mostrou muita qualidade e nem ameaçou o goleiro Dida. A melhor chance brasileira no primeiro tempo aconteceu aos 25 minutos, quando Leandro marcou o gol, mas o lance foi anulado pois ele estava impedido.Na segunda etapa, a partida continuou no mesmo ritmo: o Brasil não conseguia articular boas jogadas de ataque e os canadenses pouco se aventuravam na frente. Depois dos 15 minutos, Leão tentou acabar com a falta de iniciativa da seleção e mexeu no time. Entraram Magno Alves e Robert nos lugares de Ramón e Carlos Miguel, respectivamente. Não mudou nada.A melhor oportunidade da seleção no segundo tempo foi um chute de longa distância de Fábio Rochemback, aos 33 minutos, que acabou acertando a trave. Muito pouco para uma partida contra um adversário como o Canadá, sem nenhuma representatividade no futebol mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.