Brasil defende liderança no Sul-Americano sub-17

Líder isolada do hexagonal final do Campeonato Sul-Americano sub-17, disputado no Equador, a seleção brasileira volta a campo nesta terça-feira, para enfrentar a Venezuela, na cidade de Ibarra, a partir das 13h30 (horário de Brasília).No domingo à noite, o Brasil bateu o Peru por 4 a 0 e chegou aos seis pontos na fase final da competição - antes, havia vencido a Argentina por 2 a 0. Colômbia, Venezuela, Argentina e Peru têm três pontos cada um. O Equador, que ainda não pontuou, está em último lugar no hexagonal.Na vitória de domingo, o meia-atacante Lulinha, do Corinthians, marcou dois e se isolou como artilheiro do Sul-Americano, com 10 gols. Ele, sozinho, já marcou mais gols que a Argentina e Peru, ambos com 9 cada um, que têm o segundo melhor ataque do campeonato, atrás apenas do Brasil - os brasileiros balançaram as redes 20 vezes até agora.A seleção sub-17 vai representar o futebol brasileiro no Pan do Rio, em julho. E, com essa campanha no Sul-Americano, busca garantir uma vaga no Mundial da categoria, em agosto, na Coréia do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.