Felippe Chargel / CBDU
Felippe Chargel / CBDU

Brasil derrota Japão na final e é ouro no futebol feminino na Universíada

Diany marcou o gol do título na prorrogação; é o segundo ouro do Brasil na competição

Estadao Conteudo

28 de agosto de 2017 | 13h22

O Brasil faturou sua segunda medalha de ouro na edição de 2017 da Universíada, que está sendo disputada em Taipei, capital de Taiwan. Nesta segunda-feira, a seleção de futebol feminino venceu uma emocionante decisão diante do Japão por 1 a 0, na prorrogação, e subiu ao lugar mais alto do pódio.

Com o título, a seleção de futebol se igualou à judoca Bárbara Timo, que havia ficado com o ouro na categoria até 70kg do judô. No total, o Brasil soma 12 medalhas em Taiwan - tem ainda quatro de prata e seis de bronze - e ocupa o 26.º lugar no quadro de medalhas.

A emocionante conquista desta segunda-feira, no estádio Fu Jen Catholic University Stadium, foi muito comemorada pelo técnico Maurício Moraes Salgado. "O jogo foi exatamente o que a gente sabia que ia ser, um jogo duro. O Japão é uma equipe muito intensa", considerou.

Ao longo da competição, o Brasil goleou a Colômbia por 17 a 0, bateu o mesmo Japão por 3 a 1 e eliminou Canadá e Rússia, ambos por 1 a 0. Nesta segunda, Diany Xavier foi a responsável pelo gol do título, já no segundo tempo da prorrogação, que deu ao País seu terceiro ouro na modalidade na história da Universíada, repetindo 2001, em Pequim, na China, e 2005, em Izmir, na Turquia.

"Eu já estava ficando cansada, mas eu falei para o técnico para me dar mais três minutos, porque Deus daria força aos cansados. Eu pensei em tudo o que a gente já passou no Brasil, porque no futebol feminino a gente luta para estar aqui. A gente estuda, trabalha e faz o que ama", celebrou Diany.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.