AP Photo/Bruna Prado e AFP/Nelson Almeida
AP Photo/Bruna Prado e AFP/Nelson Almeida

Brasil e Argentina se enfrentam na final da Copa América em quinto duelo entre Neymar e Messi

Última vez que os craques se encontraram em campo por suas seleções foi em 2016, nas Eliminatórias para a Copa da Rússia

Rafael Sant'Ana, especial para o Estadão

07 de julho de 2021 | 10h00

Brasil e Argentina farão a final da Copa América neste sábado, às 21h, no Maracanã. Além da rivalidade evidente entre as duas seleções, em campo também estarão dois dos melhores jogadores do mundo: Neymar e Lionel Messi. Será o quinto confronto entre eles pelas suas seleções. Neymar é camisa 10 do PSG, um time em crescimento comprovado na Europa. Messi está sem contrato depois de vestir por 21 anos a camisa do Barcelona. Ele renegocia com o clube catalão. 

Até agora, o duelo Neymar x Messi foi marcado por três amistosos e uma partida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Eles ainda não se enfrentaram na etapa classificatória do Mundial do Catar, o que vai acontecer neste ano ainda. Nos dois primeiros confrontos, Messi levou a melhor. Já nos dois últimos, a seleção brasileira superou os argentinos.

Entre 2017 e 2019, Brasil e Argentina se enfrentaram quatro vezes. Em três oportunidades, Neymar não pôde estar presente por causa de lesões. Messi, por sua vez, desfalcou sua seleção em apenas um jogo, durante seu afastamento temporário da equipe após a eliminação para a França na Rússia. Ele pediu para não ser mais chamado e depois voltou atrás.

Já são quase cinco anos desde o último duelo entre Neymar e Messi por suas nações. Sendo assim, aumentam ainda mais as expectativas quanto à performance dos dois na grande decisão de sábado no Maracanã. Ambos estão bem nesta Copa América. Messi é o artilheiro da competição. Neymar tem sido importante no Brasil.

Confira os confrontos

17/11/2010 - Argentina 1 x 0 Brasil (Amistoso)

Em partida realizada no Catar, a seleção argentina venceu a brasileira com gol de Messi. Mano Menezes era o técnico à época, e Neymar era apenas um menino de 18 anos que surgia no Santos ao lado de Paulo Henrique Ganso.

09/06/2012 - Argentina 4 x 3 Brasil (Amistoso)

As seleções se enfrentaram nos Estados Unidos. Mais uma vez, Messi brilhou e marcou um hat-trick contra o Brasil. Oscar, Hulk e Rômulo fizeram os gols brasileiros, em um jogo com três viradas de placar. O treinador ainda era Mano Menezes.

11/10/2014 - Brasil 2 x 0 Argentina (Amistoso)

Brasil e Argentina fizeram o Superclássico das Américas no Ninho do Pássaro, em Pequim, na China. Quem esperava que Neymar ou Messi decidissem o jogo se surpreendeu com o desfecho, porque quem marcou duas vezes foi Diego Tardelli, em alta no Atlético-MG. Dunga era o treinador. O goleiro Jefferson defendeu um pênalti do craque argentino.

11/11/2016 - Brasil 3 x 0 Argentina (Eliminatórias)

Em um confronto que tinha mais peso do que os anteriores, as seleções se enfrentaram no Mineirão. Diante de mais de 53 mil espectadores, o Brasil não deu chances à Argentina e bateu os rivais com gols de Neymar, Paulinho e Coutinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.