Divulgação
Divulgação

Brasil é campeão da Copa do Mundo de Fifa 22 com Ronaldo no ataque e Pelé no banco

Seleção bate a Polônia no último lance por 2 a 1 e fica com o título na competição disputada na Dinamarca

Redação, Estadão Conteúdo

30 de julho de 2022 | 14h18

A eSeleção brasileira, formada por PHzin, Klinger e Crepaldi, conquistou o título da Copa do Mundo de Fifa 22 neste sábado, em Copenhague, na Dinamarca. Na decisão, o trio brasileiro derrotou a Polônia por 2 a 1, de virada, com um gol no último lance. O eTime nacional tinha Ronaldo Fenômeno no ataque e Pelé no banco de reservas.

"Quero fazer um agradecimento especial à seleção de Portugal por toda a ajuda que seus membros nos deram. Estamos representando Portugal aqui também, eles merecem esse carinho", afirmou PHZin. "Representar o Brasil é uma grande honra."

O eBrasil foi formado por Paulo Henrique de Souza Chaves, Gabriel Crepaldi e Klinger Correa. O técnico é NMG Gabgol. O torneio de futebol virtual na Dinamarca contou com 24 eSeleções e distribuiu um total de US$ 400 mil em premiação, o equivalente a R$ 2 milhões.

Além da final apertada, a eSeleção brasileira não teve moleza. Na fase de grupos, com seis equipes cada um, o Brasil terminou em terceiro lugar com 15 pontos (4 vitórias, 3 empates e 3 derrotas), atrás da Argentina e da anfitriã Dinamarca (deixou para trás Inglaterra, Escócia e Singapura).

Nas oitavas de final, o Brasil passou pela Espanha após empate por 1 a 1 e vitória por 1 a 0. Nas quartas de final, encarou a então campeã mundial, a França, que também está credenciada para vencer a Copa do Mundo do Catar, marcada para novembro. Depois de um 0 a 0 no duelo de ida, o Brasil levou a melhor na volta e ganhou por 2 a 1.

A semifinal foi outro sufoco para os meninos brasileiros. O time empatou o jogo de ida por 2 a 2, mas na segunda partida o Brasil ganhou por 3 a 2. Na final, o trio nacional empatou a primeira partida sem gols. Na decisão, saiu atrás, mas venceu com um gol de Messi e Cristiano Ronaldo. Vale lembrar que nesta modalidade de games, uma seleção nacional pode ter jogadores de todos os países.

ESCALAÇÃO

O eTime escalado pelo Brasil na grande decisão, por exemplo, contou com: Van der Sar; Ruben Dias, Sergio Ramos, Militão e Marcelo; João Cancelo, Kimpembe e Ruud Gullit; Messi, Cristiano Ronaldo e Ronaldo. Como curiosidade, Neymar, Vinicius Jr. e Pelé estavam no banco de reservas. A equipe polonesa também tinha em seu elenco Ronaldo, Messi, Sergio Ramos, Kimpembe, Ruud Gullit, Cristiano Ronaldo e Militão, o que também pode na competição.

Os países participantes, além do Brasil, foram: Argentina, Alemanha, França, Dinamarca, Peru, Israel, Emirados Árabes, Holanda, Polônia, Itália, Portugal, Japão, Coreia do Sul, Espanha, Escócia, Cazaquistão, Singapura, México, Suécia, Marrocos, Índia, Inglaterra e Canadá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.