Brasil e Itália se enfrentam em aniversário do título de 1970

Foi no dia 21 de junho, há 39 anos, que a seleção comandada por Zagallo conquistou o tricampeonato mundial

EFE

20 de junho de 2009 | 09h20

PRETÓRIA - A partida entre Brasil e Itália deste domingo, pela Copa das Confederações, coincidirá com o aniversário de 39 anos da final do Mundial do México, no dia 21 de junho de 1970, que terminou com a vitória de 4 a 1 da seleção comandada por Zagallo.

Veja também:

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Considerada uma das maiores finais da história das Copas do Mundo, a partida no estádio Azteca consagrou de vez a seleção comandada por Pelé, Rivelino e Tostão, que goleou os italianos depois de largar em desvantagem no placar.

O confronto entre Brasil e Itália é considerado um dos maiores clássicos do futebol mundial, não somente pelo número de vezes em que as duas seleções se enfrentaram, mas também pela importância dessas partidas.

Dos 13 confrontos entre essas duas seleções, apenas seis foram amistosos, e cinco aconteceram em edições de Copa do Mundo, incluindo duas finais, ambas vencidas pelo Brasil.

Além da decisão de 1970, a seleção brasileira acabou com um jejum de 24 sem títulos mundiais ao vencer, nos pênaltis, a Itália na final da Copa dos Estados Unidos, em 1994.

Outros dois duelos entre essas seleções pela Copa do Mundo terminaram com vitória da Itália, que nas duas ocasiões acabou vencendo a competição, em 1938 e 1982. Nos 13 confrontos entre as duas seleções, o Brasil conquistou seis vitórias, a Itália cinco, e duas partidas terminaram empatadas.

O último confronto entre Brasil e Itália aconteceu em fevereiro deste ano em Londres, com vitória de 2 a 0 dos comandados de Dunga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.